Projeto Verão 2010

O Projeto Verão, promovido pela Prefeitura Municipal de Aracaju desde 2002, participa pelo terceiro ano do calendário do Verão Sergipe, uma iniciativa do governo do Estado que visa colocar Sergipe na rota turística da estação mais quente do ano. A cada edição o evento vem se consolidando como uma ótima opção de lazer para quem curte esportes e cultura em geral.

Este ano o Projeto Verão acontece de 04 a 07 de fevereiro na orla de Atalaia, e vem recheado de grandes atrações musicais como Fernanda Takai, NX Zero, Elza Soares e Farofa Carioca, Tony Garrido, Paralamas do Sucesso, Nação Zumbi, Belo e as bandas sergipanas Maria Scombona, Plástico Lunar, Grupo Forte Desejo, Banda Severino, The Baggio’s, Naurêa, Marco Villane, Sulanka e Reação.

Programação completa (shows):

 

4 de fevereiro (Quinta)

Palco Principal (a partir das 21h30)

  • Maria Scombona
  • Fernanda Takai
  • NX Zero
  • Plástico Lunar

Palco Alternativo (a partir das 21h)

  • Lateiros Curupira
  • Mensagem Negra
  • Oganjah
  • DJ Victor Zuck

 
 

5 de fevereiro (Sexta)

Palco Principal (a partir das 21h30)

  • Grupo Forte Desejo
  • Elza Soares e Farofa Carioca
  • Belo
  • Banda Severina

Palco Alternativo (a partir das 21h)

  • Daysleepers
  • Snooze
  • Mamutes
  • DJ Pango

 

6 de fevereiro (Sábado)

Palco Principal (a partir das 21h30)

  • The Baggio’s
  • Tony Garrido
  • Paralamas do Sucesso
  • Naurêa

Palco Alternativo (a partir das 21h)

  • Pífano de Pife
  • Banda dos Corações Partidos
  • Cabedal
  • DJ Versianni


7 de fevereiro (Domingo)

Palco Principal (a partir das 21h30)

  • Marco Villane
  • Nação Zumbi
  • Sulanka
  • Reação

Palco Alternativo (a partir das 21h)

  • Café Pequeno
  • Kleber Melo
  • Dekola
  • DJ Lukinhas

Palco Alternativo

A grande novidades desta edição é o palco alternativo, que substituirá a Tenda Mix e a Tenda Cultural, e contará com uma programação diversificada, que inclui shows de bandas locais e apresentações de DJs. “Observamos que as atividades oferecidas nas tendas estavam em declínio, não porque não são importantes, mas porque algumas atividades não devem acontecer na praia. Optamos por fazer um Palco Alternativo onde teremos apresentações musicais de bandas e Djs”, disse o prefeito Edvaldo Nogueira.


Programação Esportiva

Nos dias 30 e 31 de janeiro, e 5, 6 e 7 de fevereiro, a praia vai virar uma arena de atividades esportivas, pois haverá competições de handebol de areia, beach soccer, futebol, kart, tunning, patinação, futebol americano, jiu jitsu, basquete de rua, entre outras atividades. Nesta edição vai ocorrer a primeira corrida noturna do Projeto Verão.

30 de janeiro (sábado)

  • 8 às 17h – Handebol de Areia, Beach Soccer e Campeonato de Futebol do SINDIJOR
  • 8h – Tchoukbal
  • 9 às 12h e 14 às 17h – Parede de Escalada
  • 14 às 16 – Kart
  • 18h – Tunning
  • 20h – Jeep Show
  • 18h – Patinação
  • 14h – Futebol Americano
  • 18h – Corrida Noturna

31 de janeiro (domingo)

  • 8 às 17h – Handebol de Areia, Vôlei de Dupla e 4 x 4 adulto, Beach Soccer
  • 9 às 12h e 14 às 17h – Parede de Escalada
  • 10h – Motocross
  • 16 às 21h – Jiu-jitsu
  • 14h – Copa Indoor
  • 14h – Basquete de Rua
  • 16h – Karatê

5 de fevereiro (sexta-feira)

  • 16 às 19h – Skate

6 de fevereiro (sábado)

  • 8 às 17h – Handebol de Areia, Vôlei de Dupla e 4 X 4 juvenil, Tchoukball, Futevôlei, Beach Soccer
  • 9 às 16 – Bodyboard
  • 8 às 16h – Kite Surf
  • 16 às 21h – Jiu-Jitsu
  • 15h – Xadrez
  • 9 às 12h, 14 às 17h e 19 às 22 – Parede de Escalada
  • 16h – Judô
  • 17 às 19h – BMX (Dirtyjump)

7 de fevereiro (domingo)

  • 8 às 17h – Handebol de Areia, Vôlei de Dupla e 4 x 4 juvenil, Futebol de praia
  • 8 às 10h – Ciclismo
  • 14 às 18h – Basquete de Rua
  • 16h – Submission
  • 9 às 17h – Surf
  • 9 às 12h, 14 às 17h e 19 às 22h – Parede de Escalada

Atividades recreativas

Crianças e adolescentes atendidos pelos projetos sociais da Prefeitura de Aracaju também vão poder participar da programação do Projeto Verão nos dias 1º a 5 de fevereiro. Os jovens assistidos pela Secretaria de Assistência Social e Cidadania (Semasc) terão a oportunidade de praticar mini futebol, parede de escalada, cabo de guerra, queimado, cama elástica, amarelinha, entre outras atividades recreativas.

Mais uma vez, o Projeto Verão terá uma programação recreativa especial para pessoas com deficiência, e ainda um camarote da acessibilidade para permitir que cadeirantes assistam aos shows de forma segura e confortável.

1º de fevereiro (segunda-feira) – Projetos Sociais

  • 8 às 17h – Tchoukball (Workshop), Queimado, Mini Futebol de Praia, Cabo de Guerra, Jogos e Brincadeiras, Dama Gigante, Dominó Gigante, Parede de Escalada.
  • 9 às 12h e 14 às 17h – Parede de Escalada
  • 9 às 17h – Oficinas: Capoeira, Pipa, Xadrez, Dama, Tchoukball (Workshop), Queimado, Mini Futebol de Praia, Cabo de Guerra, Jogos e Brincadeiras, Dama Gigante, Dominó Gigante.

2 de fevereiro (terça-feira) – Pessoas com Deficiência

  • 8 às 17h – Tchoukball (Workshop), Queimado, Mini Futebol de Praia, Cabo de Guerra, Jogos e Brincadeiras, Dama Gigante, Dominó Gigante, Parede de Escalada.
  • 8 às 17h –Cama Elástica, Bambolê, Tamanco Chinês, Amarelinha, Escalada, Corda, Volêi Gigante, Dama, Dominó, Xadrez.
  • 9 às 12h e 14 às 17h – Parede de Escalada

3 de fevereiro (quarta-feira) – Projetos Sociais

  • 9 às 17h – Competições: Volêi de Praia, Queimado, Futebol de Areia, Dama, Cabo de Guerra, Handebol de Areia.
  • 9 às 17h – Cama Elástica, Bambolê, Tamanco Chinês, Amarelinha, Escalada, Corda, Volêi Gigante, Dama, Domino, Xadrez.
  • 9 às 17h – Oficinas: Capoeira, Pipa, dança e recicláveis: Confecção de Vai e Vem, Jogo da Velha, Bilboquê.
  • 9 às 17h – Tchoukball (Workshop), Queimado, Mini Futebol de Praia, Cabo de Guerra, Jogos e Brincadeiras, Dama Gigante, Dominó Gigante, Parede de Escalada.
  • 9 às 12h e 14 às 17h – Parede de Escalada

4 de fevereiro (quinta-feira) – Pessoas com Deficiência

  • 9 às 17h – Competições: Volêi de Praia, Queimado, Futebol de Praia, Dama, Cabo de Guerra, Handebol de Areia, Parede de Escalada.
  • 9 às 17h – Cama Elástica, Bambolê, Tamanco Chinês, Amarelinha Escalada, Corda, Volêi Gigante, Dama, Dominó, Xadrez.
  • 9 às 17h – Tchoukball (Workshop), Queimado, Mini Futebol de Praia, Cabo de Guerra, Jogos E Brincadeiras, Dama Gigante, Dominó Gigante, Parede de Escalada.
  • 9 às 12h, 14 às 17h e 19 às 22h – Parede de Escalada

5 de fevereiro (sexta-feira) – Projetos Sociais

  • 9 às 17h – Competições: Volêi de Praia, Queimado, Futebol de Praia, Dama, Cabo de Guerra, Handebol de Areia.
  • 9 às 17h – Cama Elástica, Bambolê, Tamanco Chinês, Amarelinha, Escalada, Corda,Volêi Gigante, Dama , Dominó, Xadrez.
  • 9 às 17h – Tchoukball (Workshop), Queimado, Mini Futebol de Praia, Cabo de Guerra, Jogos E Brincadeiras, Dama Gigante, Dominó Gigante e Parede de Escalada.
  • 9 às 12h, 14 às 17h e 19 às 22h – Parede de Escalada

Fonte: Prefeitura de Aracaju


Projeto Verão do ano passado

Pra relembrar, imagens da última edição do Projeto Verão:
Projeto Verão 2009Projeto Verão 2009

Arnaldo e Mamutes - Projeto Verão 2009projeto-verao-2009-dia-14-v-84projeto-verao-2009-dia-14-v-70projeto-verao-2009-dia-13projeto-verao-2009-dia-14projeto-verao-2009-dia-14projeto-verão-2009-dia-14projeto-verao-2009-dia-14projeto-verão-2009-dia-14projeto-verão-2009-dia-14projeto-verão-2009-dia-14projeto-verão-2009-dia-14

Pôr do Sol – Netinho

Netinho no primeiro Pôr do Sol de 2010.

netinhoVoyage Turismo Apresena: Netinho, no primeiro Pôr do Sol de 2010 . O cantor Baiano vai agitar o fim de tarde dos sergipanos que comparecerem a essa sensacional festa. E o  AAmigos de Aracaju, estará la cobrindo cada momento da festa, você não pode perder.

Data/Hora/Local

  • 03 de Janeiro
  • A partir das 17 horas
  • Área Verde, Hotel Parque dos Coqueiros

Pontos de Venda

  • Água de Cheiro- Shopping Jardins e Riomar

Aracaju é acolhedora, muito festeira e repleta de atrativos encantadores

A capital do menor estado brasileiro pode até não impressionar quem a compara com outras cidades nordestinas badaladas, que têm belas praias com águas cristalinas, já que em Aracaju o mar é escuro em função das águas dos rios Sergipe e Vaza-Barris. Entretanto, a cidade conquista qualquer visitante com sua hospitalidade, animação, infra-estrutura, passeios e preços bem convidativos.

Aracaju é charmosa, suas ruas são limpas e arborizadas e, ao longo da orla da praia principal, a Praia de Atalaia, diversos bares, hotéis, quiosques, restaurantes, uma ciclovia, calçadão e quadras de esportes atraem moradores e visitantes de todas as idades. Esses são alguns dos motivos para este lugar ser o cartão postal da cidade.

E, para quem gosta de muita agitação, a melhor época pra visitá-la é, sem dúvida, em junho, quando a maior e mais conhecida festa local acontece (segunda quinzena do mês). O Forró Caju anima a cidade ao som dos mais diversos ritmos nordestinos e muita comida boa regional, como milho cozido, amendoim, pamonha, carne de sol e caranguejo. Na Praça dos Eventos é montada uma cidade cenográfica para a realização do festejo, que se enche de vida com as animadas e divertidas quadrilhas que passam por ali.
Foto: Divulgação

Mas como o que não falta é diversão na capital sergipana e o clima da região é sempre bom, Aracaju recebe turistas o ano todo. Não deixe de passear pela animada Passarela do Caranguejo, que é repleta de bares e restaurantes, onde é possível saborear as delícias do nordeste e fazer o passeio de barco ao cânion de Xingó. Indo de catamarã ou de escuna, o delicioso e encantador passeio leva pelas verdes águas do rio São Francisco até o Mangue Seco, a 100 km de Aracaju. Lá é possível mergulhar em um mar incrivelmente verde. Com certeza, este é um dos locais mais bonitos da região. Então, se a intenção é se divertir, passear, comer bem, fazer comprinhas e gastar pouco, ir a Aracaju é uma
ótima pedida.

UM POUCO DE HISTÓRIA

Fundada em 1855, Aracaju, que na época era uma pequena vila de pescadores, virou a capital do estado por ter uma posição estratégica mais favorável que a capital anterior, São Cristóvão. A antiga capital ficava no interior, limitando a navegação somente a portos fluviais. Aracaju despertou interesse por possuir 160 km de costa, e suportava um porto marítimo que pudesse receber embarcações de grande porte. Foi então construído o Porto de Atalaia, para facilitar o escoamento da produção, principalmente açucareira, daquela época.

Aracaju foi uma das primeiras capitais brasileiras planejadas. Todas as suas ruas foram projetadas geometricamente, como se fosse um tabuleiro de xadrez, para terminarem no rio Sergipe. Até então, as cidades que existiam antes do século XVII cresciam de acordo com as respectivas topografias naturais, criando um visual urbano irregular. Aracaju foi, no Brasil, um dos primeiros exemplos de tal tendência geométrica.

O QUE FAZER E VER

  • PASSEIO DE BARCO AO CÂNION DO XINGÓ
    De escuna ou catamarã, o destino do passeio são as águas profundamente verdes e claras da parte represada do Rio São Francisco. O que mais surpreende no passeio é a navegação, entre as piscinas verdes e os paredões dos cânions do Xingó, um dos maiores cânions navegáveis do mundo. Durante o passeio é possível parar para mergulhar. Reserve um dia inteiro para o passeio, pois são três horas de carro até o local da embarcação e mais três horas de passeio pela represa. A empresa TopTour (www.toptur.com) faz o passeio a R$ 90 por pessoa.
  • PASSEIO DE ESCUNA PARA MANGUE SECO
    Navegação pelo rio Piauí até o rio Real. Ali a ponta do saco revela a Ilha da Sogra, ainda selvagem. Em Mangue Seco, alugue um buggy e almoce por lá. O passeio custa R$ 50 e inclui traslado.
  • PASSEIO DE BARCO ATÉ A FOZ DO RIO SÃO FRANCISCO
    A saída é de Piaçabuçu, cidade às margens do São Francisco. No passeio, a paisagem é de dunas e lagoas. Leva um dia e o traslado inclui visita a cidade de Penedo. Top Tour (www.toptour.com). R$ 70 com almoço.
  • ORLA DE ATALAIA
    Bastante movimentada dia e noite. São 6km de extensão com quiosques, ciclovia para corrida e bicicleta, quadras de esportes, pista de skate, lagos artificiais, fontes luminosas e parquinhos para crianças. Ali também encontramos a Passarela do Caranguejo, cheia de bares, restaurantes e muito agito.
  • MERCADO MUNICIPAL ANTÔNIO FRANCO
    R. José do Prado Franco s/nº. Seg a sáb, 08h/18h; dom, 8h/11h30. Aqui podemos encontrar artesanato de todo o tipo. Os preços, bastante acessíveis, atraem turistas a comprar lembrancinhas da cidade para levar para casa.
  • CENTRO DE ARTE E CULTURA DE SERGIPE
    Av. Santos Dumont (orla de Atalaia). Seg a sáb , 10h/22h; e dom, 16h/22h. O centro expõe trabalhos dos principais artistas sergipanos, como Beto Pezão, que molda interessantes peças em barro. É possível comprar alguns desses trabalhos.
  • OCEANÁRIO DE ARACAJU
    Av. Santos Dumont (orla de Atalaia). Tel.: (79) 3243-3214. Ter a sex, 14h/20h. Sáb, dom e fer, 9h/21h. Se você gosta do fundo do mar, vai adorar este oceanário. Com tanques de tubarões, aquários de água doce e salgada e mais de 60 espécies de animais, este local é um passeio interessante e educativo a ser feito. Além disso, é possível observar o alto-mar ao vivo através de um monitor Instalado em uma plataforma de petróleo. Este espaço, mantido pelo Projeto Tamar, possui o formato de uma tartaruga marinha.
  • CENTRO HISTÓRICO
    Possui diversos casarões antigos. Alguns foram transformados em museus e espaços culturais. Ali encontramos diversos tipos de artesanato e de comida nordestina. Prove o sorvete de mangaba e o amendoim cozido. Deliciosos!
  • MEMORIAL DE SERGIPE
    Av. Beira Mar, 626, 13 de Julho. Tel.: (79) 3211-3579. Seg, 14h/18h; Ter a sáb, 9h/18h. O museu guarda um acervo formado por mais de 10 mil peças, que vão desde fósseis marinhos a aparelhos telefônicos do século XX. Acervos particulares de ilustres sergipanos estão expostos no museu. Artesanatos, elementos folclóricos, religiosos e relativos ao cangaço também ficam disponíveis para observação. Destaque para as pinturas em porcelana retratando as cidades de Sergipe no início do século XX.
  • PASSEIO À SEDE DO PROJETO TAMAR
    Praia de Pirambu. Tel.: (79) 3276-1201. 8h/17h. Na reserva biológica de Santa Isabel, em Pirambu , a 34 km de Aracaju, fica uma das bases do Projeto Tamar. A visita possibilita conhecer os tanques com tartarugas marinhas e um pequeno museu.

PRAIAS

  • PRAIA DE ATALAIA
    Avenida bastante movimentada durante o dia e à noite também. É bem urbanizada, com calçadão e quiosques. É uma praia muito procurada por famílias, por possuir um mar raso e uma faixa
    larga de areia, propícia para atividades lúdicas.
  • CAUEIRA
    Possui um trecho urbanizado com barracas que ficam bem movimentadas durante os fins de semana. O mar é escuro e bastante agitado, mas ver o amanhecer do dia ali pode ser um belo programa a dois para os mais românticos ou um belo visual para quem curte a natureza. Vale a pena conferir.
  • PRAIA DO SACO
    Fica a 76km da Praia de Atalaia. Possui um mar azul esverdeado, com coqueiros à sua volta e dunas. Ao longo existem barracas servindo petiscos gostosos.
  • PRAIA DOS NÁUFRAGOS
    Possui pequenas dunas formadas por areias finas e escuras.
  • ABAÍS
    Possui ondas fortes, mas a praia é linda. Paralela ao mar, a Lagoa Grande é um atrativo à parte no local, possuindo 9km de extensão.
  • ARUANA
    Mar de águas mornas e areia escura. É a primeira praia do litoral Sul, com quiosques, coqueiros e dunas.
  • MOSQUEIRO
    Praia com areias fininhas e claras. Fica localizada próximo ao rio Vaza-Barris.
  • PRAIA DO REFÚGIO
    Muito movimentada durante o verão e possuidora de mar com águas calmas e coqueirais. Sua barracas na orla são bem estruturadas.
  • PRAIA DO ROBALO
    Por ali ficam as casas de veraneio da região. A praia tem mar calmo.
  • PRAIA DOS ARTISTAS
    Tem 7 km de extensão. A praia é ideal para quem gosta de praticar o surfe. É também conhecida como Havaizinho. É bastante rústica.
  • ATALAIA NOVA
    É bem extensa, em torno de 30km de extensão. Sua paisagem é emoldurada por coqueiros e lagoas.
  • PIRAMBU
    Nos arredores, o Projeto Tamar instalou uma base para a desova das tartarugas marinhas. A praia também possui dunas e em alguns trechos é deserta.

COMO CHEGAR

  • Ônibus
    A Viação Itapemirim (www.itapemirim.com.br) faz o trecho até Aracaju em aproximadamente 30h. (a partir R$ 293,50).
  • Avião
    As companhias Gol (www.voegol.com.br), Tam (www.tam.com.br), Azul (www.voeazul.com.br), e Ocean Air (www.oceanair.com.br) fazem o trecho até Aracaju.

ONDE DORMIR

  • Ibis
    Avenida Adélia Franco 2719. Bairro Grageru. Tel.: (79) 2106-2000. Diária: a partir R$ 109. (casal). San Manuel Praia. Rua Niceu Dantas 75, Atalaia. Tel.: (79) 3218-5200. www.sanmanuelpraiahotel.com.br. Diária: R$ 189 (casal), com café da manhã.
  • Pousada do Sol
    Rua Eng. Francisco Manoel da Costa (antiga rua Atalaia) 43, Praia de Atalaia. Tel.: (79) 3226-5500. www.psol.com.br. Diária: a partir R$ 149 (casal), com café da manhã.

ONDE COMER

  • O Miguel
    Av. Antonio Alves 340. Tel.: (79) 3243-1444. Peça a carne-de-sol. Deliciosa! Média:R$ 50 (casal).
  • Parati.
    Praia do Refúgio, 18km. Tel.: (79) 3227-2100. Comidas variadas. Não perca a Moqueca. Parati. R$ 66 (serve duas pessoas). Média:R$ 70 (casal).
  • Pitu com Pirão da Eliane.
    Av. Santos Dumont 957, Praia de Atalaia. Tel.: (79) 3243-4747. A Moqueca de camarão de água doce é um dos pratos mais pedidos. Média: R$ 60 (casal).

OUTROS SERVIÇOS

  • Projeto Tamar
    Base de Pirambu (Base Mãe). Reserva Biológica de Santa Isabel s/nº, Pirambu.

Fonte:  Click Sergipe

Parque Nacional Serra de Itabaiana – Exemplo de Preservação

Parque nacional Serra de Itabaiana. Bem, para você que já ouviu falar da famosa ”Serra de Itabaiana” a expressão acima soou de uma forma meio estranha não acha? Porque ”Parque nacional”? Para responder a sua pergunta recorremos a definição da mesma e que importância têm o status de parque nacional para a região.

Um parque nacional nada mais é do que um local de preservação de ecossistemas naturais de grande relevância ecológica, onde podem ser feitas várias pesquisas científicas e se desenvolvem atividades educativas e recreativas com supervisão capacitada para tal, ou seja, a utilização de guias turísticos treinados é pré-requisito nesse tipo de lugar.

Com isso, alguem tem que tomar conta do parque. Quem toma conta normalmente é a própria esfera pública, seja de ordem federal, estadual ou municipal. As regras sobre visitação do local são definidas pelo orgão responsável pela sua administração. Do mesmo modo,  para poder explorar a área cientificamente, deve-se ter um aval do orgão que regula o local.

Já que temos a definição de como funciona um parque nacional, vamos contar um pouco como demorou a luta de várias pessoas, como ambientalistas, nativos e pessoas comuns para a criação do Parque Nacional naquela área.

A criação do parque aconteceu em 15 de junho de 2005, assegurando a proteção de uma área de 7.966 hectares, composta por biomas de Mata Atlântica e Caatinga e outros recursos naturais. O parque está totalmente em Sergipe, distante apenas 40 km de Aracaju, abrangendo os municípios de Areia Branca, Itabaiana, Laranjeiras, Itaporanga D`ajuda e Campo do Brito. O acesso é pela BR-235 e a entrada fica a 5 km da cidade de Areia Branca. Para visitar a Serra é importante ter uma autorização do Ibama. Recomenda-se também o acompanhamento de um guia.

Para ter autorização para uso do parque deve-se procurar a responsável pela chefia da unidade:

VALDINEIDE BARBOSA DE SANTANA
Endereço: AVENIDA IVO DO BRADO, 840 – CENTRO. GEREX-SE
Bairro: SÃO JOSÉ
Município: AREIA BRANCA
UF: SE
CEP: 49015070
Telefone: (79)3211-1575  ou  9974-1719

Para se ter uma idéia de como a situação estava complicada, segundo um estudo feito na área mostram que somente 0,01% da Mata Atlântica virgem estão lá. Além disso, Sergipe encabeça a lista dos Estados do Brasil com menor percentual de de áreas protegidas e conta apenas com uma área de proteção integral, a Reserva Biológica de Santa Isabel.

O grande ícone do parque é mesmo a Serra de Itabaiana, uma grande montanha que lembra os grande Tepuis da Venezuela, que são montanhas em forma de mesa.  A origem do nome é bem sugestiva, denotando o significado de ”Naquela pedra mora alguem”.

A trilha da Via Sacra corta parte da serra e ficou famosa por atrair fiéis de várias regiões, que todos os anos vem para a região pagar promessas e participar da grande romaria que acontece na Semana Santa. Em todo o percurso são encontradas quinze estações onde os fiéis param, rezam e depois prosseguem até a próxima parada. A trilha é o melhor caminho para se chegar no alto e leva em média 2 horas e meia, dependendo do ritmo da caminhada. No trajeto, são observadas muito claramente a mudança de vegetação para um penhasco gigantesco a esquerda da subida.

Quando se chega ao topo da montanha, se avista uma pequena igreja com um cruzeiro onde é cenário de várias manifestações religiosas e a construção está cercada de antenas repetidoras de rádio.

Atualmente, a maior riqueza do lugar são as belezas naturais que já há muitos anos vem atraindo turistas que vêm normalmente para se refrescar no Poço das Moças, o atrativo mais procurado do parque. O poço tem este nome depois que caçadores avistaram duas moças tomando banho e logo depois elas desapareceram, sem deixar vestígios. No mesmo lugar, um escorregador natural diverte as crianças que deslizam na rocha e caem nas águas claras do poço. As águas vão descendo rocha abaixo, e vários outros poços menos freqüentados se formam compondo belos cenários. Partindo do poço, com 10 minutos de caminhada está a Gruta da Serra, nela a tímida Cachoeira do Cipó, divide o espaço com raízes entrelaçadas. Numa de suas encostas da serra, o Riacho Coqueiro serpenteia e depois deságua no rio Jacarecica, um dos principais recursos hídricos da região. A serra abriga ainda várias outras nascentes importantes como a do riacho Água Fria e Vermelho, reforçando a necessidade da preservação de todo o complexo de Itabainana.

Ja no uso de pesquisas e estudos científicos, a Serra de Itabaiana recebe a visita de pesquisadores, especialmente ecólogos, botânicos e zoólogos, que utilizaram a Serra para realização de estudos, principalmente para coleta de material botânico e zoológico.

Portanto, para você amante da natureza que quer conheçer mais um paraíso muito bem preservado e nas mãos de quem tem responsábilidade com a continuação das belezas naturais para os nossos filhos usufruirem visitem o parque nacional Serra de Itabaiana.

Abaixo fotos do local:

PROJETO VERÃO 2009

Projeto Verão

O Projeto Verão, promovido pela Prefeitura Municipal de Aracaju desde 2002, participa pelo segundo ano do calendário do Verão Sergipe, uma iniciativa do governo do Estado que visa colocar Sergipe na rota turística da estação mais quente do ano. A cada edição o evento vem se consolidando como uma ótima opção de lazer para quem curte esportes e cultura em geral. Este ano o Projeto Verão traz novidades como a realização de oficinas culturais e uma atração internacional, além das competições esportivas e das cinco noites de shows com atrações nacionais e locais.

Cobertura:

Cobertura Projeto Verão 2009 – 12/02

Cobertura Projeto Verão 2009 – 13/02

Cobertura Projeto Verão 2009 – 14/02

Cobertura Projeto Verão 2009 – 15/02

Cobertura Projeto Verão 2009 – 16/02




PROGRAMAÇÃO ESPORTIVA

TchoukballDe 7 a 15 de Fevereiro, das 8 às 17 horas, arenas esportivas serão tomadas pelas competições que ao longo das edições do Projeto vem ganhando visibilidade e credibilidade no cenário nacional. E neste ano algumas novidades invadem a praia de Atalaia, através de workshop que proporcionarão ao público conhecimento sobre esportes pouco divulgados no Estado, a exemplo do Tchoukball (imagem). As modalidades podem ser conferidas logo abaixo.

.

Basquete de Areia                                 BMX (Freestyle e Dirtyjump)                                 Bodyboard

Capoeira                        Ciclismo                   Corrida Rústica                     Escalada

Frescobol                Futebol de Praia                       Futevôlei                    Handebol de Areia

Judô                         Jeep Fest                         Jiu-Jitsu                        Kart                                     Karatê

Kate Surf                         Surf                                 Submission               Tchoukball (workshop)

Tunning                           Vôlei 4×4               Vôlei de Dupla                      Xadrez

.

ATIVIDADES RECREATIVAS

Diversão para todos os gostos, a lei do Projeto Verão é curtir. Para isso, a prefeitura preparou uma programação recreativa para que o público possa participar com sua família, pois as opções tendem a atrair pessoas de diversas faixas etárias. As opções estão listadas a seguir, agora é só você escolher sua brincadeira favorita e participar.

Amarelinha                            Bambolê                         Cabo de Guerra                                Cama Elástica                       Corda

Dama                         Dama Gigante                                        Dominó                                 Dominó Gigante                       Jogo da Velha

Mini Futebol de Praia                      Pipa                            Tamanco Chinês                           Queimado                    Vôlei Gigante

.

OFICINAS

As oficinas acontecerão também no período entre 7 e 15 de fevereiro.

Bonecos de Material Reciclado                            Confecção de Fantoches                            Danças                         Desenho e Pintura

Escultura em Sabão                     Flauta                          Leitura Livre                        Malabares                        Origami                      Formação de Contadores de História

Percussão                              Pintura no Rosto                                  Recicláveis                                      Teatro                             Tecido Acrobático

.

EXIBIÇÃO DE CURTAS-METRAGENS

Quem curte um telão vai poder conferir no Projeto Verão a exibição de curtas-metragens sergipanos, selecionados pelo pessoal do NPDOV. Se você não quiser ficar de fora dessa, se ligue na programação:

  • Dia 12/02 – QUINTA-FEIRA
    • Areia Branca (ficção – 15′ – dir. Júlia Fernandes Marques / Edital de apoio ao audiovisual)
    • Sensacional (ficção – 15′ – dir. Deborah Simão Gomes Fernandes / Edital de apoio ao audiovisual)
  • Dia 13/02 – SEXTA-FEIRA
    • Arquivo de Ivan (documentário – 15′ – dir. Fábio Rogério Rezende de Jesus / Edital de apoio ao audiovisual)
    • A Parede (ficção – 15′ – dir. Grazielle Andrade)
  • Dia 14/02 – SÁBADO
    • U-507 (documentário – 15′ – dir. Rubens Araújo de Carvalho / Edital de apoio ao audiovisual)
    • Epiphanie (ficção – 8′ – dir. Gabriela Caldas)
    • LUX (videoarte – 5′ – dir. Alessandro Santana)
  • Dia 15/02 – DOMINGO
    • Você conhece La Conga? (documentário – 15′ – dir. Sérgio Borges / Edital de apoio ao audiovisual)
    • Conta outra Seu Euclides – Parafusos (documentário – dir. Marcelo Roque)

.

CONCURSO DE ESCULTURAS NA AREIA

AreiaAs inscrições para o VII Concurso de Esculturas de Areia, que acontece no dia 15 de fevereiro (domingo) das 7 às 15 horas, estão abertas até o dia 06 de fevereiro das 9 ÀS 17 horas. Os interessados devem procurar a GAAS (Galeria de Artes Álvaro Santos), localizada na praça Olímpio Campos s/n. As premiações são de R$ 2.500, R$ 2.000 e R$ 1.500, respectivamente para os primeiro, segundo e terceiro colocados. Ao público não-concorrente resta apreciar o trabalho dos artistas locais e não-locais.

.

TENDA ELETRÔNICA

Música eletrônica para animar a galera com um “cardápio” nota dez de Dj’s. A arena está sendo montada na Praia de Atalaia e vai ser palco de animação ao som da batida das seguintes atrações:

  • Quinta – 12/02
    • Léo Levi (SE) – 22:00
    • DJ Versiani (SE) – 23:30
    • DJ Patife (SP) – 01:00
    • Hi-Tech System (SE) – 03:00
  • Sexta – 13/02
    • Guga (SE) – 22:00
    • DJ Bacana (AL) – 00:00
    • Ana Lee Rosa ou Analy Rosa (Ex-BBB) (PR) – 01:30
    • Mark Ursa (Bélgica) – 03:30
  • Sábado – 14/02
    • Proagressivo (SP) – 22:00
    • Prismandalla (SE) – 23:00
    • Vinnix (SP) – 00:30
    • Hynnergy(SE) – 02:00
    • Comosnet(SP) – 03:00
    • Tactic Mind (Israel) – 04:00
  • Domingo – 15/02
    • Hot Black (SE) – 20:30
    • Cia (SP) – 22:00
    • Mauro Telefunksoul (BA) – 00:00
    • Nilli (SE) – 01:30

.

PALCO PRINCIPAL

Aracaju 40º… Não tem música com esta expressão, mas a realidade é que aqui o verão é mais quente! Ainda mais contando com a programação “pancada” que a Prefeitura Municipal preparou para agitar a noite do Projeto Verão com muita música. Mas… Hoje fica o gostinho daquela nossa descrição básica sobre os artistas, que ajuda sempre àqueles que não sabe de quem se trata a ir se empolgando com as atrações…

.

  • Quinta – 12/02

    • LenineLenine – Em 2008 o cantor pernambucano lançou Labiata, enumerando em nove álbuns sua carreira. Músico, produtor, compositor e afins, Lenine participa pela segunda vez do Projeto Verão e o público aracajuano estava ansioso pelo seu retorno à terrinha. O público ainda vive o encantamento do Acústico MTV lançado em 2006, no qual o músico gravou Hoje eu quero sair só, Paciência, Miedo (com a participação de Julieta Venegas), Tudo por acaso, Jack sou brasileiro, entre algumas então inéditas. Mas Labiata chega ao mercado com o hit Martelo Bigorna na trilha sonora na nova novela das oito, caindo direto no gosto popular.
      .
      .

    • ExaltasambaExaltasamba é quase uma lenda do pagode brasileiro. São mais de 20 anos de carreira embalados por muita música. Haja suingue e história para contar, talvez esteja na hora de escrever um livo 🙂 .
      Os integrantes da banda são: Péricles (banjo e vocal), Pinha (repique de mão), Thiaguinho (banjo e vocal), Brilhantina (cavaco) e Thell (tantã).  Tudo começou em São Bernardo do Campo (SP), quando os primeiros integrantes se reuniram e lançaram a música “Quero Sentir de Novo”, um dos grandes hits do primeiro álbum da banda, “Eterno Amanhecer”.  O segundo trabalho, “Encanto”, estreitou ainda mais a relação com o público, pois foi quando o Exaltasamba começou a participar de programas de rádio e televisão. A partir daí vieram muitos sucesso, alguns deles são: “Telegrama”, “Luz do Desejo”, “É Você”, entre outros… Porém foi com a música “Me Apaixonei Pela Pessoa Errada” do CD “Cartão Postal” que a banda estourou pra valer. Foram muitos prêmios importantes e milhões de discos vendidos. Depois disto, veio o álbum “Exaltasamba Ao Vivo” que foi feito em 2001 e teve o repertório montado a partir de sugestões dos fãs por cartas e e-mails. E assim os CDs / DVDs sucederam-se pelos mais de 20 anos de estrada. Veja mais alguns deles: “Alegrando a Massa”, “Esquema Novo”, “Todos os Sambas Ao Vivo” (1º DVD) e “Pagode do Exalta”.

    • Sibberia

  • Sexta – 13/02 (a partir das 21h)

    • GilGilberto Gil – Praticamente impossível reduzir a algumas linhas a história de Gilberto Passos Gil Moreira. Baiano do Tororó, cantor, compositor, produtor, político, Gilberto Gil é referência no cenário musical nacional. No auge dos seus 66 anos de idade, a música corre nas veias e traça um perfil de sua trajetória. Canções como Amor até o fim, Aquele abraço, Refazenda e Realce marcam o início da carreira. As apresentações atuais do músico agrupam no repertório sucessos dos mais cantados. Banda Larga Cordel, lançado em 2008, marca seu retorno à dedicação total à vida artística, após abdicar do cargo de ministro da Cultura, no qual exerceu função durante cinco anos. De novidade o álbum traz músicas inéditas, mas com o mesmo ânimo que caracteriza os trabalhos do músico. Agora é só aguardar o espetáculo.

    • DetonautasDetonautas – Detonautas tem a cara jovem da década de 90 e a virtualidade no sangue. A inusitada formação da banda através de uma sala de bate-papo na Internet dá sentido ao nome escolhido pelo grupo Detonautas significa “Detonadores + Internautas”. Pode-se dizer que Outro Lugar e Quando o Sol se For marcam o início da fase promissora da banda, que depois de muita luta conquistou seu espaço no cenário nacional. O público cativo da banda é composto por uma maioria jovem, nascidos na mesma década de formação do grupo. Um trágico acidente tira a vida do então guitarrista Rodrigo Netto, causando sofrimento nos demais integrantes da banda. A decisão de seguir carreira reflete o respeito pelos fãs e um seguimento das idealizações do grupo. Em 2008 a banda lança O Retorno de Saturno, praticamente dois anos após a perda. Sucesso em todo Brasil, a música que dá nome ao novo álbum é uma das mais tocadas pelas rádios e possui um grande número de acessos em download na Internet. Pela primeira vez no palco do Projeto Verão, a atração é uma das apostas de atrair grande público na orla de Atalaia.

    • Maria ScombonaMaria Scombona – É uma banda tipicamente sergipana que vem ganhando espaço no âmbito musical. Rica em história e provedora de um tipo musical que envolve rock, batida funk, blues e muita regionalidade, Maria Scombona vem conquistando o público através do projeto “Circuito Escolar Maria Scombona“, pelo qual a banda vem percorrendo escolas de Aracaju divulgando seu trabalho e a importância da música para a sociedade. O primeiro disco, Grão, saiu em 2002.  O segundo trabalho intitulado de “Segundo“, foi lançado em 2005 e os shows da banda vem ocupando espaços pelo Brasil a fora. Maria Scombona é o retrato sergipano da mistura musical da noite de Sexta do Projeto Verão.


  • Sábado – 14/02 (a partir das 21h)

    • Manu ChaoManu Chao – Sábado de Projeto, promessa de praia lotada. A noite conta com atração internacional. Manu Chao é um músico francês que pisa pela primeira vez em solo aracajuano atraindo público de diversos Estados brasileiros. Em Estación México, seu álbum mais recente, o músico agrupa em edição dupla os grandes sucessos de sua carreira, dentre eles: Clandestino, Mala Fama, Bienvenida a Tijuana e Radio Bemba. Manu Chao tem marca forte na mistura de ritmos e de idiomas, com canções em inglês, espanhol, francês, galego e português. Outra grande característica do cantor é a agitação, quem vê/viu o seu DVD ou já presenciou alguma apresentação sua se encanta com a presença de palco e interação com o público. Ansiedade é o sentimento prévio em relação ao show… Satisfação e desejo de bis serão os pós-show.
      .
      .

    • Charlie Brown JrCharlie Brown Jr. – Rock, Skate e responsabilidade social, estas palavras podem definir a Charlie Brown Jr. Formada em 1992, a banda é caracterizada pelo mistura do hip hop, reggae e o punk rock, que lhe dá um estilo próprio quando adicionados às letras musicais, críticas às perspectivas sociais do jovem contemporâneo. Charlie Brown Jr reúne multidão onde toca, a expectativa é que não seja diferente no Projeto Verão. Os fãs esperam um repertório composto por novos sucessos, do álbum mais recente intitulado Ritmo, Ritual e Responsa, que teve uma versão ao vivo gravada em DVD no ano passado, e ainda sucessos “antigos” como Proibida pra mim, Te levar, Zóio de Lula, Papo Reto, Não deixe o mar te engolir, entre outros.
      .

    • NaureaNaurêa – A Naurêa é uma banda totalmente sergipana, formada em 2001, toca um ritmo que mistura samba e baião, além de outras batidas influenciadas de diversas tendências musicais.  Naurêa tem ganhado destaque ao longo de sua história, ultrapassando as fronteiras do Estado, além de ser presença garantida nos eventos mais importantes em sua terra natal, embalando o público com canções como “Alcóol ou Acetona”, “Bomfim”, entre outras. Naurêa chegou até a Alemanha durante a Copa de 2006, num show que abriu caminho para turnês pela Europa. Depois do showzaço na Caueira durante o Verão Sergipe, o público tem a honra de prestigiar mais uma vez os animados músicos da Naurêa, que encerram o sábado do Projeto Verão.

  • Domingo – 15/02 (a partir das 21h)

    • Alapada 01Alapada –  A banda sergipana tem um repertório que abrange o niverso no qual se inserem os músicos, muito surf, mar, capoeira, amores, questões sociais, etc. Figurinha carimbada nos grandes eventos do Estado, Alapada colhe os frutos do sucesso e já dividiu palco com grandes nomes da música nacional. Com os álbuns Diversidade (2005) e Fazendo Valer (2007) a banda vem compondo sua história no cenário musical. As canções mais populares são Livre pra Voar, Baculejo e Nó de Marinheiro. O grupo participou do Verão Sergipe Pirambu, encerrando  encerra os eventos na cidade em grande estilo com muito pop, reggae e rock. E agora abre a última noite de shows na Orla.

    • RappaO Rappa – 7 vezes é o novo álbum da banda que participa pela segunda vez do Projeto Verão em Aracaju. O Rappa traz em seu novo trabalho a força das letras cheias de crítica social, característica marcante do grupo que completa 16 anos de carreira em 2009. O repertório da banda lista sucessos dos oito álbuns que compõem sua discografia, como Lado A Lado B, Me Deixa, O que sobrou do Céu, A minha alma, O Salto. Não se pode esquecer de destacar Pescador de Ilusões, com um dos refrões mais cantados desde que foi lançado o jingle “Valeu a pena ê ê”… Valeu a pena para quem presenciou o show espetacular na edição passada do Projeto, e com certeza valerá para quem vai este ano conferir de perto Marcelo Falcão cantando sons como Monstro Invisível,  7 vezes, Me Santo tá cansado e uma regravação muito legal de Súplica Cearense. É esperar e curtir incansavelmente…
      .
      .

    • Reação – A banda legitimamente sergipana, nascida na periferia de Aracaju traz em seu repertório canções com marca ideológica, como sendo mensagens de alerta para o público jovem sobre as questões do mundo. A musicalidade cheia de swing tem como referência o trabalho de artistas como Peter Tosh, Bob Marley e até Bezerra da Silva e Luiz Gonzaga, dentre outros. Em 2004 chega ao mercado o primeiro CD da banda, intitulado Na Força da Fé, contendo 13 faixas compostas pelos próprios integrantes da banda. Dentre os hit’s, evidência para Sinal de Alerta. A galera canta: Azul e Vermelho piscando pode ser sinal de perigo…

  • Segunda – 16/02 (a partir das 18h)
    Como acontece em toda edição do Projeto Verão, a segunda-feira conta com uma programação especial de apresentações mudando o endereço da Orla de Atalaia para a Rua da Cultura. Este ano o público acostumado com um nomes do reggae e músicas regionais serão surpreendidos pela mistura de ritmos das atrações convocadas para animar a noite. Confira as atrações:

    • ArnaldoArnaldo Antunes –  atuou como vocalista e compositor de 1982 a 1992 numa das mais importantes bandas de rock da década de 80, Titãs. É autor de grandes sucesos em parceria com seus companheiros de banda: “Bichos escrotos“, “Comida“, “Família“, e outras mais. Depois de desintegrar o grupo continuou compondo para ele. Arnaldo Antunes partiu para a carreira solo como cantor, compositor, poeta e videasta. Lançou alguns discos e participou de projetos como a composição da trilha sonora do espetáculo “O Corpo”. Arnaldo Antunes gravou o disco Tribalistas em parceria com Marisa Monte e Carlinhos Brown. Seu mais recente trabalho, inédito, foi o cd “Saiba”, lançado em 2004. Em 2006 Arnaldo Antunes relança “Nome”, originalmente lançado em 2003, num kit composto por cd e dvd, com músicas remixadas e remasterizadas, além das letras em português, inglês e espanhol. Arnaldo esteve em Aracaju realizando uma grande apresentação no início de novembro do ano passado. A expectativa é de que seja repetida a dose no último dia de Projeto Verão. Arnaldo Antunes é a escolha certa para encerrar o evento com gostinho de saudade.

    • Para complementar e dar mais tempero à noite, se apresentarão no palco nda Rua da Cultura a cantora Rosine Campos (MPB) e as bandas Finitude (Metal) e Mamutes (Rock). Além da apresentação do grupo teatral Stutífera Navis.

Fonte: Prefeitura Municipal de Aracaju

Boa Luz – Junção de Definições

Modo de fazer: Na batedeira coloque o turismo rural, acrescente o  zoológico e bata por uns três minutos. Depois coloque o melhor complexo aquático de Sergipe até formar uma massa homogênea. Por último ponha o circo, bata por mais 40 segundos na menor velocidade da batedeira. Despeje uma pitada de adrenalina com esportes radicais numa forma média e untada. Asse o pesque e pague em forno pré-aquecido em temperatura média por aproximadamente 40 minutos ou até dourar.  Por fim a cobertura é feita com os seguintes ingredientes: Passeio a cavalo, pedalinho, passeios históricos e ecológicos, visita a Pedra do Risco, chalés, restaurantes com comida nativa e, por fim, o passeio na gruta da pedra furada.

Isso definitivamente não é uma receita do Bolo gelado tão desejado por todos. È difícil aglomerar tudo o que o Hotel Fazenda Resort Eco Parque Boa luz tem para oferecer em um nome só. Não é a toa que é um dos locais mais bem falados do Estado como opção de lazer… Hoje em dia, com a grande concorrência, os hotéis e resorts oferecem várias opções de entretenimento diferentes, fazendo assim a alegria de todos a um custo realmente baixo.

Mas como surgiu a Boa luz?

Segundo o site da boa luz, um pioneiro empresário sergipano contou que em 1967 seu pai, um agricultor, recomendou-lhe a compra de uma fazenda de 7.000.000 m2, situada no município histórico de Laranjeiras, distante 15 km de Aracaju. Este pioneiro empresário ficou tão encantado com a beleza daquele imenso cinturão verde, coberto de pastagens, que não titubeou em fechar o negócio. Onze anos mais tarde esse pioneiro delegou a gestão da propriedade a seu filho, que ali agregou mais uma atividade, iniciando a criação de um plantel de cavalos da raça manga-larga marchador, fundando assim o Haras Boa Luz. Em 1981 foi inaugurado o Leilão Manga-larga Marchador com edições bi-anuais de grande sucesso. “Quem por aqui passava se encantava com a beleza local, então começamos a amadurecer a idéia de implantar um projeto de turismo rural”, explica o empresário. O projeto começou a se materializar em 28 de setembro de 1998, com o início da construção de um pesque-pague. Gradualmente, o empreendimento foi sendo dotado de novos atrativos como: piscinas, parque-aquático, hotel, restaurantes, zoológico, playground, mini-fazendinha, pedalinhos, passeios de charretes, passeios de trenzinhos e muito mais. Juntos, eles formam o Boa Luz Eco Parque Hotel, uma experiência pioneira que agrega aos elementos típicos do campo, atividades de lazer, diversão e entretenimento. Hoje essa experiência já se consolidou como um dos maiores atrativos do turismo nordestino.

Uma curiosidade:

A criação da logomarca boa luz, com dois cavalos empinando um ao lado do outro, não foi fruto do trabalho algum designer. O fotógrafo Laelson Menezes em 1975 conseguiu o improvável… Uma sequência de fotos com cavalos fazendo exatamente a posição da logomarca.

Opções de acomodação:

Ao longo dos anos a Boa Luz vem agregando mais e mais serviços. Acredito que um dos mais importantes para a Boa Luz seja o de hospedagem. Há várias opções de acomodações.

  • Chalés
    Se você quer realmente se sentir numa casa no campo, o Chalé é a melhor opção. É próprio para aquelas pessoas que gostam de uma rede na varanda e de ouvir o canto dos pássaros enquanto relaxa. Possui frigobar, ar condicionado e TV em cores.
  • Apartamento Standart
    Este apartamento é para quem deseja o conforto que só uma sofisticada casa de campo pode proporcionar. O apartamento standard é dotado de ar condicionado, frigobar, TV, tudo isto com o aconchego que faz o hóspede se sentir em casa. 
  • Apartamento Luxo
    O apartamento Luxo possui exclusivamente uma banheira de hidromassagem, para que depois de toda a diversão, o hóspede possa relaxar. Composto por frigobar, ar condicionado e uma vista paradisíaca.
  • Apartamento Master
    Possuindo uma vista privilegiada do complexo, o apartamento Master é para o tipo de hóspede que exige um pouco mais do hotel. Localizado estrategicamente de frente para o lago, proporcionando uma visão única do amanhecer e do entardecer.Como o apartamento Standard, conta com frigobar, ar condicionado e TV, para seu maior conforto.

No total, a Boa Luz dispõe de 46 confortáveis apartamentos e chalés, com ar-condicionado, telefone, mini-bar, TV via satélite e varanda. Além disto, existem duas confortáveis e luxuosas suítes ‘Bela Vista’, com TV de Plasma 42’’, cama King Size, mini-bar, Home theater, sala, ampla varanda com vista privilegiada para todo o complexo, ar condicionado e banheira de Ofurô.

O Hotel também dispõe de três restaurantes, bares, amplo estacionamento, piscina exclusiva para hóspedes, Parque Aquático, Sala de Jogos, Pesque-Pague, Charretes, Passeios a Cavalo, Lagos com Pedalinho, Esportes Radicais, Mundo dos Insetos e Vale dos Dinossauros, Maior Zoológico Particular do Nordeste com Animais Exóticos.

Day-use

Além da hospedagem, existe outra forma de conhecer a boa luz. É o famoso day-use que significa pagar para usufruir das 9 ás 16  horas de tudo que o hotel proporciona. É através do day-use que a maioria das pessoas conhecem a Boa Luz.
O passaporte day-use inclui visita ao zoológico, ao circo, ao haras, ao parque aquático, ao carro de bois, ao desfile de animais, ao salão de jogos, e também incluí o acesso ao material para pescaria e tour ecológico.

Valores:

  • R$ 35,00 por pessoa (Adultos)
  • R$ 17,50 (Menores com comprovação de documento de identificação)
  • R$ 0,00 (Crianças com até 6 anos não pagam)

Parque Aquático

Com certeza, uma das melhores coisas da Boa Luz é o complexo com doze piscinas, sendo sete com hidromassagem.  Integrados às piscinas existem vários toboáguas que costumam fazer a alegria de visitantes de todas as idades. Entre estes toboáguas, um dos que se destacam  oferece a opção das pessoas descem numa bóia muito grande. Particularmente achei  uma sensação muito boa. Existe  outro que se destaca também , mas é por um motivo um pouco insano. Trata-se de uma virada abrupta na ultima curva em que a pessoa tem a impressão que vai  ser arremessada para longe do toboágua. Muito bom mesmo para quem quer adrenalina. O parque contém 2 bares com toda a estrutura necessária para o cliente ficar tranquilo e curtir o dia.

Mas será que você vai passar o dia inteiro somente no parque aquático? A quem diga que sim. Mas são tantas opções que realmente é difícil usufruir plenamente, em apenas um dia, de tudo que a Boa Luz oferece.

Zoológico

É um dos mais completos do nordeste. Possui tigres, leões, lhamas, jacarés, zebras, avestruz e muito mais. São mais de 30 espécies de animais.

Vale dos Dinossauros e Mundo dos Insetos

São dois parques temáticos que exibem réplicas gigantes de dezenas de repteis e insetos, como mosquitos, aranhas, baratas, pulgas e formigas, entre outros. Entre os repteis pré-históricos existem velociraptors, branquiossauros, apatossauros e, é claro, tiranossauros. O tiranossauro, por exemplo, tem 16 metros de altura, já a formiga saúva é do tamanho de um ônibus. Vale a pena conferir.

Eventos

Por fim, o boa luz não é somente diversão. Você empresário têm a sua disposição um auditório muito grande destinado a eventos dos mais variados. A Boa Luz é dos poucos locais que oferece uma excelente estrutura para eventos com com uma vasta gama de opções de lazer. Em Sergipe, com certeza é o único.

Resumo das atrações:

  • Hospedagem
  • Parque Aquático
  • Bares
  • Restaurantes
  • Salões de Convenções
  • Zoológico
  • Circo
  • Haras
  • Carros de bois
  • Desfile de animais
  • Salão de jogos
  • Tour ecológico
  • Escaladas
  • Tiroleza
  • Touro mecânico
  • Giro Space
  • Cama Elástica
  • Pedalinho
  • Loja country
  • Pesque e Pague
  • Passeio a Cavalo
  • Passeio Histórico
  • Cavalgada Noturna

Trate de conhecer mais esse paraíso, pois vale a pena. E para chegar lá, como faz? Bom… A Boa Luz fica localizada no município de Laranjeiras, a quinze kilômetros do centro de Aracaju, mais especificamente no km 16 da BR 235. É a mesma BR que da acesso aos municípios de Areia Branca e Itabaiana. Uma opção é, partindo de Aracaju, pegar a estrada como se estivesse indo para Maceió,  depois pegue a estrada para Itabaiana… Pronto… É só seguir direto até chegar num placa placa enorme que anuncia a entrada da Boa Luz. Não tem erro! Chegando lá, é só passar o protetor solar e partir para o merecido descanso e/ou diversão.

Fotos:

Fonte: http://www.boaluz.com.br/

Por Danilo Cunha e Vinicius AC

Lagoa Redonda – Travessura da Natureza

O melhor modo de entender a lógica da vida é saber definir e entender o significado das coisas. No entanto, a grande dificuldade é entender coisas muito complexas e abrangentes. Por exemplo: Pergunte a seus amigos o que é o amor. Fatalmente teremos respostas tão diferentes que não conseguiremos extrair em poucas palavras o significado do que é o amor. Isso acontece com a natureza. Podemos definir como: “‘Alguma coisa que não teve a intervenção do homem”. Muito simplista não é?? Pois é.

Quando tentamos entender como a natureza é grandiosa e como ela age, mais temos dificuldades de encontrarmos uma definição que seja simples e que cubra toda a influência que ela exerce em nossas vidas.  Um exemplo de como a natureza é traquina e muda os ambientes e a vida dos que vivem neles é LAGOA REDONDA.

Mas porque lagoa redonda é tão interessante assim? Para entendermos o significado deste local e o que a natureza fez com ele vamos falar um pouco sobre as dunas.

O que é uma duna?

Segundo a enciclopédia livre (Wikipédia), duna é uma  montanha de areia criada a partir de processos eólicos (relacionados ao vento). Dunas descobertas são sujeitas à movimentação e mudanças de tamanho, pela ação do vento. O vale entre as dunas é chamado slack, ou seja, dunas são montes de areia formadas pelo vento e pelo mar. Quando o vento sopra, leva a areia e com o tempo viram dunas. Dunas não precisam ser necessariamente grandes, muitas delas são bem pequenas.

Com isso, vemos como a natureza tem a capacidade de mudar a estrutura das dunas através do vento e formar lagos e lagoas com o passar dos anos. Lagoa redonda é simplesmente um local como esse.. Trata-se de dunas que se formaram com a ação do vendo vindo da praia… e formando uma lagoa de água límpida porém de aspecto avermemelhado e uma temperatura agradável, haja visto que no verão a temperatura da areia das dunas é muito alta.

Mas onde fica lagoa redonda? Será que fica em algum deserto nos Estados Unidos? ou na África? Não mesmo, fica bem mais perto. Fica aqui mesmo em Sergipe. Mais precisamente no município de Pirambu. Por sinal, fica a poucos quilômetros de Aracaju. Com a construção da ponte que liga Aracaju-Barra dos Coqueiros o percurso ficou menor do que ir pela BR. Em menos de 1 hora você já estará em Lagoa redonda. É só seguir pela SE 204, passar pela entrada da cidade de Pirambu, seguir em frente por mais cerca de 5 km para chegar  ao acesso de Lagoa Redonda à direita da estrada. Sobe uma pequena ladeira e entra à direita de novo em um pedaço de asfalto (não se iluda é apenas um pedaço – mas a estrada de barro chega a ser melhor do que o asfalto). Seguindo em frente, vai passar pelo povoado até chegar no riacho da Lagoa Redonda.

Chegando lá, temos uma boa surpresa: Como de costume, nesses locais paradisíacos temos um bar muito simples porém muito bom. Neste caso, o bar se chama ”Dunas Bar e Restaurante”, onde se servem pratos típicos da região. Se colocam até mesas no riacho onde você pode comer a vontade com a água em seus pés.

O passeio pode ser a pé pelo riacho. Quer malhar um pouco a perna? Suba a duna correndo. Além da duna ser grande a areia faz com que você gaste muita força pra subir rápido. Porém a vista lá de cima compensa o esforço. O azul do alto mar, o pequeno riacho serpenteando a paisagem, o branco das dunas e o verde da vegetação nativa… é de tirar o fôlego… e ficar na memória para o resto da vida. Se o horário do passeio for ao final da tarde ou de manhã cedinho, nos dias sem muito movimento, é possível ver sagüis e algumas aves nativas.

Vamos as dicas:  Qualquer época do ano é boa para ir. Nos meses mais chuvosos (de abril a julho) o riacho fica maior. Seria interessante um horário mais cedo até antes das 9h ou depois das 15h. Com o sol mais fraco e a possibilidade de admirar mais a beleza local. E se você for daqueles que levam toda a família para a famosa “farofa com areia e carne” , pode levar tranqüilamente seu churrasco e se deliciar com o local e toda a traquinagem que a natureza fez. Ainda bem 🙂

Segue fotos do local:

Crôa do Goré – Paraíso pouco explorado

Aracaju é a capital do menor estado do nosso Brasil. Quem não conhece bem pode ter a falsa impressão de que a mãe natureza não foi generosa com esta capital. Contudo, a história mostra que aqueles que descobrem as verdadeiras belezas naturais desta capital e gozam de todas as riquezas que estas proporcionam, sempre se apaixonam pela cidade.

Assim que chegam a cidade, os turistas perguntam nos hotéis quais são os pontos turísticos mais visitados. Entre as respostas para esta pergunta, invariavelmente é citado um lugar de nome um tanto quanto inusitado, chamado ”Crôa do Goré

Bem, mas do que se trata essa Crôa do Goré????

Apesar de um pouco estranho, o nome tem um significado interessante: “Crôa”, na verdade, é um banco de areia visível quando a maré está baixa. Já no caso do famoso goré, trata-se daquele caranguejo que se esconde na terra cavando com as patas.

Depois de saber o significado do nome desse lugar maravilhoso, o turista faz a pergunta crucial: ”Como chego lá?”

O percurso não chega a ser longo, principalmente para alguns turistas (principalmente os baianos rs) que costumam falar que aqui em Aracaju tudo é perto menos chegar na água da praia. Saindo do Aeroporto Santa Maria é só pegar a rodovia dos náufragos sentido mosqueiro até o entroncamento onde ancora a balsa que faz a travessia Aracaju – Mosqueiro. Daí é só seguir a placa na direção do local onde ancora o catamarã, pois é lá que existe a opção mais barata: São várias lanchas rápidas cobrando apenas R$ 8,00 ida e volta por pessoa, com cada lancha comportando 5 pessoas por vez. Se você quiser algo mais sofisticado poderá ir de catamarã, mas aí o preço sobe e a quantidade de pessoas aumenta para 45 no total.

Bem, chegando lá é só alegria. Em ambos os casos, a lancha ou catamarã agenda um horário para buscar o grupo de pessoas. Para quem tem pavor de maré subindo, não tem com que se preocupar, pois celular funciona e você pode entrar em contato em caso de algo dar errado. Resumindo: Não se preocupe, se divirta.

A grande jogada do bar flutuante é que quando a maré está subindo você pode desfrutar, com seus amigos, dos frutos do mar servidos pelo bar, com a água em seus pés chegando até seus joelhos. Os preços são muito baratos para um lugar turístico como esse e a variedade é incrível. Inclui desde caldinhos, passando por caranguejos, pastéis e até lagostas.

É muito relaxante e divertido. É um ótimo banho de rio, sendo que a água já está salgada, pois perto dali tem o encontro com o mar. É muito bom para levar a família e os amigos para um ótimo dia em contato com a natureza e tudo que nosso estado proporciona de melhor.

Abaixo temos algumas fotos desse paraíso:

O que é a Crôa do goré e onde fica localizada?

  • É um banco de areia visível quando a maré está baixa. Localiza-se na região do Mosqueiro.

Qual o significado desse nome?

  • “Crôa”, na verdade, é um banco de areia visível quando a maré está baixa. Já no caso do famoso goré, trata-se daquele carangueijo que se esconde na terra cavando com as patas.

Como Chegar la?

  • Saindo do Aeroporto Santa Maria é só pegar a rodovia dos náufragos sentido mosqueiro até o entroncamento onde ancora a balsa que faz a travessia Aracaju – Mosqueiro. Daí é só seguir a placa na direção do local onde ancora o catamarã