Pré-Reveillon • Jota Quest e Capim Cubano • 28/12/2008

PRÉ-REVEILLON 2009

Para quem estava pensando que o Asa Beach marca o encerramento dos eventos promovidos pela Augustu’s produções, informamos que pra fechar o ano com chave de ouro, em clima de boa festa e muita diversão, a produtora traz Jota Quest e Capim Cubano dia 28 de dezembro para agitar o pré-reveillon. É festa para todos os gostos, uma mistura de ritmos que tende a acertar no alvo a galera que não dispensa a oportunidade de curtir boa música. Tem um ditado que diz “termine o seu ano do jeito que você pretende viver o próximo” (não sei quem é o autor disto e nem mesmo se as palavras são essas mesmas, mas a mensagem será entendida), então, nada melhor quer terminar o ano se divertindo.


COMO FOI O SHOW?

Mais um show que vai ficar marcado na história das festas de Aracaju. Começou por volta de 9 horas, com Jota quest. O público foi pequeno comparado a shows como Asa e Chiclete, talvez porque o resultado da UFS ainda não saiu, fazendo com que a galera não tenha motivos para pagar o valor do show. Tivemos alguns pontos positivos, como por exemplo: O amplo espaço reservado para o show (mesmo lugar de Chiclete), a localização dos banheiros, e a organização para comprar sua água, cerveja ou até espetinho. Porém, a área Vip ficou MUITO mal localizada, ao lado do palco e longe principalmente do trio de Capim Cubano (que por sinal o som estava muito baixo). Com isso, todos foram para perto do trio, deixando a área vip quase sem ninguem. No quesito repertório, só temos a elogiar. Jota Quest tocou várias musicas conheçidas do seu repertório, mesclando músicas românticas e baladas. Já Capim Cubano veio com um repertório não so dele mas também com musicas de Vitor e Leo cantadas em Espanhol, dentre outras. Acredito que quem foi ao show não se arrependeu. Se arrependeu quem ficou em casa.

Cobertura feita por Danilo e Edimilson

Fotos:


Quem vai tocar?


JOTA QUEST

poster

Banda mineira formada em 1993, o grupo Jota Quest é um dos nomes do universo ‘pop’ musical brasileiro. O primeiro trabalho da banda foi lançado em 1996 com título J. Quest, trazendo os hit’s As Dores do Mundo (regravação da canção do Hyldon), Encontrar Alguém e Onibusfobia.

Em 1998, o Jota Quest lança seu segundo álbum De Volta ao Planeta dos Macacos, garantindo seu espaço nas paradas de sucesso com a música Fácil, uma das mais tocadas da época. Outras músicas também fizeram muito sucesso: O Vento, Sempre Assim e Tão bem (regravação da composição do Lulu Santos).

Em 2000, o CD Oxigênio apresentou baladas românticas que cairam no gosto popular  Dias Melhores e O que eu também não entendo (minha preferida), embalaram romances e estão até hoje entre as mais pedidas.

Por que é a preferida? Vale a mensagem:

Amar não é ter que ter sempre certeza

É aceitar que ninguém é perfeito pra ninguém

É poder ser você mesmo e não precisar fingir

É tentar esquecer e não conseguir fugir, fugir

Em 2001, dando continuidade a trajetória de sucesso, o grupo lançou o álbum Discotecagem Pop Variada, e o som marcante das paradas foi Na Moral, que tem um trechinho que diz assim: “quando tudo parece não ter lógica… qualquer paranóia vai virar prazer de viver“. Musiquinhas cheias de mensagem. Só Hoje foi outra lançada neste álbum que faz sucesso até hoje.

Em 2003, ocorre o lançamendo do primeiro álbum ao vivo da banda, produzido pela MTV, o cd reuniu os maiores hit’s da carreira do Jota Quest. Do seu lado, canção de autoria de Nando Reis, invadiu as paradas de sucesso. Neste ano, os sergipanos podem presenciar a performance de palco do grupo, que faz seu primeiro show em Aracaju pela turnê do novo trabalho.

Em 2005, depois de um período de quatro anos sem lançar um cd com músicas inéditas, chega ao mercado o álbum Até Onde Vai,  que desde então se mantém entres os cds mais vendidos do país. O Sol, Palavras de Um Futuro Bom e Além do Horizonte (uma versão pop da canção conhecida pela interpretação do Roberto Carlos, que no meu ponto de vista ficou muito legal, talvez até superando expectativas da galera), são as canções mais tocadas do novo trabalho.

La Plata

La Plata - Jota Quest

No ano de 2008, o Jota Quest lança La Plata, encerrando sua turnê mais longa que foi a do álbum Até Onde Vai. O novo cd traz canções inéditas e autorais, marcando uma nova roupagem da banda que engloba neste novo trabalho criticas sociais. O cd é composto em sua maioria por composições que resultam da parceria dos integrantes da banda.  “La Plata” foi gravado e mixado em Belo Horizonte no “Minério de Ferro”, o novo estúdio da banda.

“La Plata” é intenso, contemporâneo e traz as muitas influências do quinteto mineiro de forma coesa, dentro de uma unidade sonora. “Cada um entrou no estúdio trazendo suas pesquisas e idéias. A gente gravou sem se preocupar com estilos ou em enquadrar as músicas dentro de determinados rótulos.” – conta Marco Túlio, guitarrista da banda.

Assim sendo, há um toque de samba em “Ladeira”, na inspiradíssima “Paralelepípedo” e na dançante “Tudo Me Faz Lembrar Você”. Esta, com sampler de Serge Gainsburg e sua “Sea, Sex and Sun”. Já “Seis e Trinta”, “So Special”, “O Grito” e o primeiro single, “La Plata”, têm pegada mais roqueira, misturada a novas referências. A própria “So Special” traz bits eletrônicos, bem como a surpreendente “Lap Top”. “Nobody’s Watching” é um literal convite para a pista e “Hot to Go” um divertido “JorgeBen-Rock”. O disco traz ainda duas elegantes canções: “Único Olhar” e “Vem Andar Comigo”.(fonte: myspace.com/jotaquest)

Após três anos sem lançar um novo cd, o Jota Quest presenteia o público com La Plata.

Curtam o novo som:

CAPIM CUBANO

Capim Cubano

Capim Cubano é uma banda criada em 2003 cujo repertório destaca ritmos latinos, em sua maioria com musicas em espanhol. A banda é paraibana e fugiu da tradição nordestina de se trnar forrozeira, apostando numa classe musical que também instiga sensualidade e muito molejo no corpo.  A idéia era fazer um trabalho diferenciado dos demais existentes na Paraíba e as expectativas foram ultrapassadas quando o ritmo ‘caliente’ da banda e a simpatia dos músicos conquistaram espaço no cenário nacional.

Data

  • 28/12/2008

Atrações

  • Jota Quest

  • Capim Cubano

Preço/Local

  • R$ 25,00 (Pista Meia)

  • R$ 50,00 (Camarote Meia)

  • Praça de Eventos – Orla de Atalaia

Ponto de Vendas

  • Central do Pré-Caju no Shopping Riomar

O show esta previsto para começar por volta das 20:00h*.

Se associando no Com Amor até o dia 20/12, você ganha entrada para a pista

*Retificação: O AAmigos foi anteriormente informado pela Central do Pré-caju que o horário previsto para início do evento era às 22:30h. Corrigimos o erro e pedimos desculpas pelo feito.

Asa Beach 2008 – Aracaju

o/ o/  Que galera é essa meu irmão!!!! o/ o/ o/ o/ o/ …

Como foi o show:

Valeu a espera, sem dúvida, valeu a espera. O Asa Beach 2008 foi uma dos melhores eventos realizados em Aracaju neste ano, não tenho dúvidas disto. Foi muito bom por vários motivos, mas no geral, os principais foram:

  • O show de Asa – Perfeito, como sempre. Foram cerca de 3 horas de show (talvez mais) com repertório muito bom e muita animação que levou a galera ao delírio (como sempre) e, em alguns momentos, arrepiou muita muita gente.
  • O palco – No melhor estilo ASA Beach, ou seja, baixinho e com passarelas para Durval praticamente passear no meio da galera, e ele fez isto pra caramba. Merece nota 10.
  • O local da festa – Na primeira festa que fui neste novo local – no estacionamento, próximo aos lagos da orla – não gostei muito, e olha que foi logo no show de Ivete, que eu sou fã de carteirinha. Faltou alguma coisa. No Luau do Nana, já estava bem melhor, bem mais estruturado. No Asa Beach, estava ainda melhor. Acesso, estacionamento, banheiros, bares, segurança, pista, camarote, palco…. na minha opinião, estava tudo ótimo.
  • Os camarotes – Merecem destaque, pois estavam muito bem montados. Contaram com um atrativo especial que foi um grande corredor que ia até uma das laterais do palco. Uma ótima idéia que não atrapalhou em nada a vida de quem estava na pista e, ao mesmo tempo, tornou muito mais divertida a noite da galera que comprou o camarote.
  • A galera – Tinha muita gente, ainda bem que o espaço é imenso, e, em especial, tinha muita gente bonita, como sempre tem nos show shows do ASA. Com o repertório “ouviu dá vontade de beijar” que o ASA tem, acho que só ficou só quem quis. 🙂

Deixo meus parabéns a organização. Ótima festa!

Por Vinicius AC

FOTOS:

o/ o/  Que galera é essa meu irmão!!!! o/ o/ o/ o/ o/ …

Asa Beach 2008 - Aracaju (600)

ASA BEACH 2008

Finalmente galera!!! Depois de meses de expectativas… boatos e mais boatos… algumas datas frustradas… está confirmadíssimo. Vai ter sim Asa Beach em Aracaju este ano. Nada de esperar até o pré-caju pra ver durvalino por estas bandas. Sem dúvida, um ótimo presente de natal para uma legião de asamaníacos.

Data

  • 20 de dezembro

Preço/Local

  • R$ 35,00 (Pista Meia) [até 15/12]

  • R$ 70,00 (Camarote Meia) [até 15/12]

  • Praça de Eventos – Orla de Atalaia

Atrações

  • Asa de Águia

  • DJ Rambo (tecladista do Asa)

  • Banda Kelsh

Ponto de Vendas

  • Central do Pré-Caju no Shopping Riomar

O espaço abre às 16h, mas os shows só começam às 18h (muito provavelmente Asa será a segunda atração a tocar)

CORES: PISTA – AZUL • CAMAROTE – ROSA

ASA – 20 ANOS de estrada

:: 1988 ::

Asa de Águia estréia no universo… faz uma mistura massa de Rock, Samba-Reggae, Country e Afoxé.

? No céu azul destino das estrelas
? Onde o vento sentiu a flor
? A vida, bota pra ferver
? ….
? Bota pra ferver, a ilusão e a dor
? Bota pra ferver, o rio de lágrimas” (Bota pra Ferver!!!!)

Música doida (pinel). Dá vontade de pular, beijar, beber, dançar… Perfeita para a  ouvir no calor da folia… Perfeita para lembrar e ter saudades… Perfeita para ter vontade de voltar  a folia… O Asa já começou assim, Bontado pra Fuder. 🙂

:: 1990 ::

Primeiro show do ASA em Aju…
? Vem cá morena dançar o padang da Lua…
Aracuajuanos seduzidos e a cidade tende a se encher de uma nova onda “ASA Mania”.

:: 1991 ::

Durval e amigos convidam Fabiano Oliveira para passar o Carnaval em Salvador. Foi o início de uma grande parceria. No ano seguinte nascia o pré-caju. No mesmo ano emplaca um dos hits mais badalados da banda. Com Amor é o carro-chefe do terceiro cd da banda e marcou história…
? Fica comigo agora é pra valer…
Esta frase parecia uma previsão do que estava guardado para os seguidores do Asa… Para valer e para sempre!

:: 1992 ::

Primeiro pré-caju. O “Com Amor” foi o primeiro(e único) bloco a desfilar por um percurso de 10 km que ia da Praia de Atalaia até o estacionamento do Augustu’s, puxado pelo Asa de Águia. Naquela época a festa nem se chamava pré-caju, o nome era “Suas Férias Com Amor” . Imagina a galera atrás de um trio elétrico ao som de  “Tôa Tôa”, bem assim:
? E hoje eu vivo a tôa..
? Tôa Tôa – Se ligue…

:: 1993 ::

? COCOBAMBU
? COCOBAMBU
Meio difícil o Asa lançar um álbum que não emplacasse mais de um hit. Em 1993, Coco Bambu foi “a pedida do verão“, mas muitos romances de carnaval (e alguns outros) foram embalados por uma canção que dizia:
? Só você me deixa encabulado
? Só você me deixa feliz de papo por ar
? Depois da festa
Ô baladinha boa de beijar na boca…

:: 1994 ::

Sucesso desenfreado…
Difícil escolher as melhores do repertório. Ano a ano um disco lançado e o prazer em ouvir Asa de Águia não deixava nenhum sucesso se tornar antigo, melhor dizendo: esquecido. Neste ano,  pra alegria geral dos asamaníacos, dois álbuns: Sereia e Asa de Águia ao Vivo. O primeiro trabalho ao vivo da banda foi gravado durante uma festa na Boite Gipsy (RJ),  no mês de maio, o projeto foi mixado e masterizado e logo depois lançado no mercado, com regravações de grandes sucessos, resultando em discos de Ouro e Platina.

:: 1995 ::

A Lenda, assim se chama o novo disco do Asa que também dá nome a uma das 15 canções do novo trabalho. Uma dos grande sucessos do disco foi “Xô satanás”…Numa noite em casa, luzes apagadas, eu sozinha tentava sintonizar o rádio quando de repente ouço “xô satanás, xô satanás”. Gente, aquela parte da música que mais parece um exorcismo, pensem num susto.  Foi a primeira vez que ouvi a canção, mas até saber que era isso… Claro que desliguei o rádio na hora! (Sá Kenia compartilhando segredos. Só para aamigos mesmo).
? Na casa do Senhor não existe satanás
? Xô satanás, xô satanás…

A Lenda veio recheado de  sucessos como ritmo dançante de:
? na batida do coração
? vi você me dar a mão
? um grande amor
? tá… tá pra lá de bragadá
? quero ver rebolar

:: 1996 ::

O nono disco do Asa vem recheado de novidades, principalmente quando se fala da “Dança da Tartaruga”, cuja coreografia virou febre no carnaval do ano seguinte…
? No swing da tartaruga
? No swing da tartaruga
? No swing da tartaruga
? Da tartaruga eu vou me dar bem
Kriptonyta
era a música que intitulava o álbum, outro grande sucesso da banda em 1996.
? Pra mim nossos caminhos já estão traçados…
8 anos de Asa!!!

:: 1997 ::

Depois da Dança da tartaruga, o Asa de Águia fez acontecer com suas coreografias. Em 1997 surge a Dança da Manivela: “rodando, rodando, rodando”… O décimo álbum da banda conta com a regravação de dois grandes sucessos: Take it easy (1988) e Não tem Lua (1992).

? Não tem lua
? Que faça você me amar
? Não tem lua
? Que faça você passar por mim

:: 1998 ::

Já são 10 anos do Asa de Águia.  Em comemoração a esta data mais que especial foi gravado o segundo álbum ao vivo.  A gravação, atendendo aos pedidos dos fãs, foi em Recife e resultou num disco recheado de sucessos antigos, interpretados com a ajuda do público, e no lançamento de músicas inéditas, como “A dança do Vampiro” e “Me Abraça, me beija“.

:: 1999 ::

Surge a Trivela em Porto Seguro. Já comemorando os 500 anos do Brasil. Para quem não sabe, o nome trivela vem da junção de trio elétrico com caravela.

:: 2000 ::

Cabralino comandou no carnaval, um lindo Trio Elétrico em forma de Caravela para a comemoração dos 500 anos do Brasil no circuito da Avenida.

:: 2001 ::

Foi lançado mais um disco repleto de sucessos como, Lá vem o Asa, Corpo Moreno e O Rei da Rua.

? Alô alô você que curte o som
? Vem dançar com o asa
? Na levada do povão não tem marmelada

:: 2002 ::

Foi criado o Me Abraça, bloco oficial do ASA, onde surgiu o inconfundível grito de guerra ” O Asa Arrêa, Arrêa, Arrêa”  que desde então leva a galera ao delírio.

:: 2006 ::

Foi gravado ao vivo o primeiro DVD do ASA. As gravações ocorreram em março durante o Carnaval de Salvador, na Estância Alto da Serra (SP), e em shows no palco e Trivela. O repertório reuniu eternos e novos sucessos da banda.

:: 2007 ::

O ASA deu início às comemorações pelos seus vinte anos de estrada.
A música “Quebra Aê” recebeu todos os prêmios como a melhor do Carnaval de Salvador.

? Eu vou arrasar me decidi  ?Vou me jogar por essa vida
? Quero te ganhar te possuir ? Te namorar vida bandida

? Tem Babado lá, Chiclete aê
? Ivete cá, Olodum no pelô
? Dodô e Osmar, Timbalada no gueto

? Vamos decolar nesse avião
? Sentir o fogo do dragão
? O maior trio do planeta

? Faço tudo prá te dar meu grande amor
? Sacudi toda poeira do porão
? Balancei a corda bamba 
? Pendurei o bibelô

? Quebra aê quebra aê
? Olha o asa aê
? Quebra aê, quebra aê
? Olha o asa aê

? O asa chegou
? O asa bombou
? Oo asa voou
? O asa pirou
? O asa agitou sorrindo prá mim
? Por isso eu digo que meu coração
? É Asa… é Asa… é Asa…
🙂
? Quebra aê quebra aê
? Olha o Asa aê

:: 2008 ::

Asa Beach Aracaju – 20 de Dezembro

Fonte: http://www.asadeaguia.net

by Vinicius AC, Luci Priscila & Sa Kenia

Luau do Nana – Chiclete com Banana, Parangolé e Cavaleiros Elétrico – 12/11/2008

“Se você é chicleteiro Deus te abençoa. Se você não é Deus te perdoa…”

Mas se você chicleteiro não marcar presença na segunda edição do Luau do Nana 2008, sinceramente, eu não sei quem vai te perdoar. Está cada vez mais próximo o pré caju 2009 e  chega a vez do Chiclete com Banana agitar a festa de lançamento do Bloco Nana Banana.Parangolé e Cavaleiros Elétrico vão contribuir para animação da festa.

Os shows de lançamento dos blocos do Pré-Caju 2009 estão fazendo Aracaju ferver para a grande micareta que acontecerá nos dias 22 a 25 de janeiro. Depois do Aviões Elétricos e Eva Fest é chegada a vez do Luau do Nana, e para não dar tempo de esquecer da maior prévia carnavalesca do Brasil, dia 20 de dezembro teremos Asa Beach.

Como foi o show?

Bem, como todo ano, a festa do nana se firma cada vez mais no cenário de Aracaju como um dos pontos altos da época anterior ao pré-caju. Muita gente legal, a estrutura foi montada onde fica o estacionamento ao lado dos lagos da orla. O motivo mais óbvio parece ser que a praça de eventos tem alguns problemas estruturais pra comportar um show desse porte.

O acesso ao evento foi muito fácil, com muitos pontos de estacionamento disponíveis. Todos os banheiros bem localizados, e como o local é MUITO grande, ninguem ficou espremido como no ano passado. Soube de 3 brigas rápidas… felizmente a galera parecia estar tranqüila, a fim de curtir, mas vale destacar o bom esquema de segurança montado.

Chiclete tocou seus maiores sucessos e relembrou velhas músicas como selva branca.. entre outras.. depois foi a vez de cavaleiros elétrico com seu repertório repleto de sucessos.. nao deixou por menos… mesclou o ritmo de forró tradicional e forró elétrico. Por fim, Parangolé fez a alegria da galera cantando sucessos como desço a madeira (eu num sei o nome da musica kkk)

Gostaria de agradeçer a galera pela boa vontade em tirar fotos.. estão de parabéns.. 90% do pessoal aceitava tirar foto numa boa. PARABÉNS pessoal. Segue as fotos abaixo.

Por Amigão

Algumas observações sobre o Luau do Nana…
Começou meio tarde, perto de meia noite. Começou com Chiclete, depois tocou Cavaleiros e por ultimo Parangolé. Faltou energia logo depois que o Chiclete deu as primeiras notas, mas foi por pouco tempo, nada que atrapalhasse a alegria da galera. Ocorreram muitas brigas, mas nenhuma que durasse muito, pois os seguranças estavam trabalhando bem. Gosto quando os shows são feitos no palco, como aconteceu no luau do nana, pois dá para curtir melhor. A qualidade do som estava ótima, na minha humilde opinião. O maior “porém” do show foi a área VIP que estava enorme e apenas em frente do palco principal, quem pagou pista teve que se contentar em assistir de longe e de lado Chiclete tocando, sinceramente achava melhor quando a área vip era somente uma faixa na frente do palco.

Por Edimilson Torres

? Se você é chicleteiro Deus te abençoa. Se você não é Deus te perdoa…

Além do axé da banda Chiclete com Banana que é já sinônimo de casa cheia, fãs de outros estados, animação e gente bonita, o show terá ritmos para todos os gostos, contando ainda com a swinguera de Parangolé e o forró elétrico de Cavaleiros do Forró

Chiclete com Banana


Chiclete com Banana é nada mais nada menos do que uma banda com 28 anos de formação, com uma discografia de 25 discos, prêmios pelo Brasil e exterior, média de 130 shows por ano, 15 discos de ouro, 10 discos de platina e 1 DVD de platina, sendo atualmente o grupo de axé de maior sucesso do Brasil, cobiçados por todas as micaretas. Possuindo uma legião de fãs, que se denominam Chicleteiros os guerreiros da alegria, cuja fidelidade se verifica no ininterrupto e constante sucesso que a banda apresenta, ao longo das mais de duas décadas.

Curiosidades que achamos no site oficial da banda:

• Que Deny, percussionista do Chiclete, caiu numa piscina no momento em que se dirigia para o palco de um Show?! Realizado em um hotel, o palco do Show foi armado ao lado da piscina. Na hora de tocar estava escuro e Deny não viu a piscina. Resultado: acabou caindo com roupa e tudo,e depois teve que voltar ao quarto para se secar e trocar toda a sua indumentária. Neste tempo, ele ainda não usava suas famosas saias.

• Que o Show mais curto do Chiclete com Banana durou o tempo de uma música e meia?! No inicio de um show realizado no Tocantins, após tocar Cara Caramba, faltou energia no local. A banda teve que esperar por mais de duas horas pelo retorno da energia, mas não adiantou. Acabou tendo de ir embora sem terminar o show. E quem pagou pelo show será que dançou?

• Que o Chiclete com Banana já teve um show que não foi realizado por falta de público? Em 1985 na cidade de Divinópolis, só compareceram cinco pessoas a um show. No ano seguinte o Chiclete voltou à cidade e fez um show com lotação esgotada (10.000 espectadores). As cinco pessoas que compareceram ao show de 1985 ficaram conhecidas como os “Cinco de Divinópolis”, e sempre participam do Carnaval de Salvador com um animado camarote no Forte de São Pedro. Nada como um Show depois do outro.

• Que primeiro instrumento que Bell tocou foi teclado?! Isso no tempo em que tocava nos bailes. Depois passou a tocar contrabaixo e finalmente guitarra. É o nosso “band man”!

• Que o Trio Rex produz energia suficiente para uma cidade?! São dois geradores de energia capazes de iluminar uma cidade de 100 mil habitantes. Com ele nada de apagão!

• Que em 2007 o Chiclete com Banana foi premiado nos Estados Unidos?! A banda recebeu o prêmio Press Award 2007, como destaque Turnê U.S. de Show Brasileiro – Axé. Dá lhe Chiclete!

.

Parangolé

Na gíria baiana, a palavra Parangolé tem vários significados, mas no que diz respeito a música, Parangolé é percussão, axé, pagode, pop e muito mais. Esse caldeirão musical tem arrastado a galera ao longo dos quase dez anos de existência e os fãs declarados desse novo estilo aumentam, a cada apresentação do grupo.

O Parangolé surgiu em 1997, no bairro da Federação, mas precisamente no Bar de Dona Maria. Todas as tardes, Adriano, Nenel e Nailton se reuniam para jogar baralho e sempre ao fim das partidas, faziam um pagode. O som agradava aos que passavam pelo local e o movimento foi se espalhando pela cidade. Com o tempo, só se ouvia um comentário: “que parangolé é aquele que está rolando na federação?”. E assim surgiu o grupo e o nome Parangolé.

O grupo atualmente é composto por Nenel, Leo Santana, Binho, Tor e Bruno, e já lançou seis discos de divulgação.

(fonte: http://www.junniordocavaco.xpg.com.br/tmp/Bandas.htm )

.

Cavaleiros Elétrico

Cavaleiros

A Banda Cavaleiros do Forró é uma banda natalense-potiguar formada em Novembro de 2001. Seu primeiro CD estourou no Brasil, e o hit “Se Réi Pra Lá” consagrou a banda. A banda já se apresentou em vários programa nacionais, como o Domingão do Faustão, Domingo Legal, Tudo é Possível, Mulheres, Raul Gil. Os Cavaleiros do forró já gravaram 4 dvds e 7 cds. Hoje o Hit do Momento é o Novo Single da Banda Senta Que é De Menta.


data_lualAtrações

  • Chiclete com Banana

  • Parangolé

  • Cavaleiros Elétrico

Preço/Local

  • R$ 30,00 (Pista Meia) *

  • R$ 60,00 (Camarote Meia) *

  • Praça de Eventos – Orla de Atalaia

Ponto de Vendas

  • Cosmético Center

  • Dhillus

  • Auto Peças Macedo

  • Mister Pizza (pça da imprensa)

  • Central do Pré-Caju no Shopping Riomar(área VIP somente aqui) **

(*) Valor vigente até o dia 20/11/2008.

(**) Aceita Banese Card. Informações: 79 3218 1010.

? Associe-se no Bloco Nana Banana para o pré caju 2009 e ganhe ingresso para o Luau do Nana. Oferta válida para os primeiros 500 cadastros.

CORES: PISTA – LILÁS • CAMAROTE – LARANJA

EVA FEST – 08/11/2008

samara kênia diz:

Banda Eva

Um dos shows mais esperados do ano, Banda Eva vem dar seguimento aos lançamentos de blocos do pré-caju 2009. A atração é marca do Axé Baiano, criada no início dos anos 90, sua fama foi conquistada com a vocalista Ivete Sangalo, cuja voz emplacou sucessos como “Vem meu amor”, “Beleza Rara” e “Eva”. Em 1999, Ivete partiu pra carreira solo e a banda Eva recebeu de braços abertos a cantora Emanuelle Araújo,que permaneceu no grupo até 2002, quando saiu para cuidar de projetos pessoais e carreira como atriz. Saulo Fernandes chega ao Eva e permanece até hoje. Sucesso confirmado puxando blocos em micaretas e festas na Bahia, em Aracaju, ou pelo mundo a fora. A banda Eva é figurinha marcada no pré-caju e se espera que na edição de 2009 seja transmitida a mesma energia na avenida que pode ser constatada em 2008.

O que esperar do show?

“Não precisa mudar…” Banda Eva nunca é demais! Depois de ter embalado o bloco Eva no précaju 2008, epsera-se que neste show seja demonstrado todo gás da banda para o próximo précaju. Canções antigas misturadas as novas e o público interagindo com a banda, como de costume. Saulo Fernandes contagiando a galera. Axé muito axé, regado de paz de espírito.

.

vinicius ac diz:

Forró do Muído

O Forró do Muído surgiu da idéia de montar uma banda de forró pé-de-serra que atraísse forrozeiros de todas as idades. Em minha opinião, o grande atrativo da banda é a forma como se dá o resgate do forró tradicional, seja na mescla da mais pura tradição da zabumba, sanfona e triângulo, com a juventude dos integrantes da banda, seja nas letras de muitas músicas novas  que estes cantam e tocam.
Suspeito que seja uma ótima banda, afinal está no mercado há pouco tempo, apenas oito meses, e mesmo assim já está fazendo muito sucesso. Tocam um forró teoricamente de apelo menos popular, e mesmo assim, estão decolando bem, como a banda Aviões fez um dia.

O que esperar do show?

Sou forrozeiro. Gosto de ouvir e dançar forró. Como é uma banda nova, nunca fui para um show deles. Mas boto fé no estilo e na coragem deles em apostar num pé de serra ao mesmo tempo tradicional e renovado, acho legal isto. Boto fé no currículo do cantor, das cantoras (e que cantoras) e no pessoal que está dando suporte à banda.
Ou seja, acredito que será um ótimo show de forró. Quem for não vai se arrepender. Botem fé, pois as vozes de Simone, Simara e Binha Cardoso já conquistaram o público cearense, e não deve ter sido à toa.

.

O evento conta ainda como axé do Alexandre Peixe e ainda mais forró pra agitar a galera com a banda Caviar Elétrico. É ou não é para se esbaldar a noite inteira? Com par ou sem par, a ordem é não ficar parado e se divertir muito!

.

Como foi o Show?

O show marcou o lançamento do bloco Eva para o pré caju 2009. Iniciando com Forró do Muído, que garantiu agito dos até então poucos presentes com muito forró. A banda contagia pelo fato de os vacalistas brincarem no palco e interagem com o público. Quase duas horas de um repertório recheado de diversidade, desde músicas interpretadas por bandas como Aviões do Forró e Cavaleiros, até o famoso Créu, dançado pela vocalista Silmara de forma inigualável (meio maluquinha). Fim da apresentação do Forró do muído, adentra o espaço o trio com a Banda Eva, a atração principal do evento, Saulo puxa a galera cantado Rua 15: “Ô zuzum bá zumbaiôba Oba oba oba…” fez todo mundo tirar o pé do chão. Das canções mais antigas: “Flores”, “Eva”, “Me Abraça”, as mais recentes: “Marley”, “Mais do que preciso”, entre outras, o repertório não deixou a desejar. “Anjo” e “Não precisa mudar” embalaram muitos beijinhos e carinhos, dos namorados e dos que se encontraram lá pela primeira, segunda ou terceira vez, isso não importa, o romance também teve vez no show da banda Eva.  O show foi ótimo. Alexandre Peixe entra para finalizar a noite, interpretando sucessos de sua autoria, que em sua maioria fizeram sucesso na trajetória de outras bandas: Babado Novo, Chiclete com Banana e outras mais. Muito agitado o show, divertido e, apesar de ser final de festa, o público ainda estava com todo gás.

Observações:

  • Tinha pouca gente, mas com a quantidade de eventos em todo canto do Estado num mesmo fim-de-semana era de se esperar. O bom é que a quantidade foi suficiente, nada de apertos, o espaço estava bem distribuído e a galera ficou confortável. Acesso aos banheiros e bares estava facilitado por conta da pouca quantidade de gente e do número suficiente de “box” disponibilizados pela organização do evento.

Pontos críticos do show? E teve? Teve sim…

  • Muita briga, muita briga mesmo. A primeira que vimos foi entre um garoto que estava trabalhando como cordeiro do trio do Forró do Muído e um folião. Feio, principalmente por ter envolvimento de alguém que estava ali à trabalho.
  • Nota zero para muitos foliões que parecem ter saído de casa com a intenção de brigar. Este tipo de compotamento vem crescendo em Aracaju, principelmente em show de axé. Ridículo ouvir Saulo Fernandes se desculpando por ter que interromper sua apresentação por conta de uma confusão dos briguentos, segundo o próprio, são os menininhos que ficam bombando nas academias só pra exibir um bicéps e arranjar confusão. Uma sugestão: melhor ficar agarrado numa gatinha do que se pegar com os marmanjões.
  • Nota zero também para os adolescentes que encheram a cara no início do evento, ficaram bêbados, caindo no chão e acabaram perdendo o bom da festa. Ae, beber é muito bom, mas tem que saber dosar. Aquela história de não vender álcool para menores de 18 fica meio dificultada quando o adulto responsável é quem compra a bebida. Consciência pessoas, as crianças que vocês adultos levam aos shows podem não te eixar fazer jus ao título de “responsável”.
  • A situação mais crítica: depois de uma briga, um garoto ficou caído no chão, desmaiado, com um ferimento na cabeça e foi retirado do local sem nenhum cuidado pelos seguranças. Nessa hora eu me perguntei sobre o atendimento médico, existia? Era suficientemente treinado? Por que ninguém da coordenação ou da segurança chamou o socorro médico? E agora me pergunto como ficou o menino,  nas condições em que ele se encontrava e pelo ferimento na cabeça, o modo como foi retirado do local pode ter lhe trazido alguma sequela.


Cobertura: Samara Kenia e Luana Luduvice

No geral, tivemos mais um grande evento produzido pela Augustu’s produções, que de um lado merece parabéns e da parte do público um gostinho de que se pode melhorar em comportamento. O próximo, com força total, será o lançamento do Nana. Nana Fest com Chiclete com Banana, Cavaleiros Elétrico e Parangolé… Nó vemos lá!


Data

  • 08/11/2008 – 22 horas

Atrações

  • Banda Eva

  • Alexandre Peixe

  • Caviar Elétrico

  • Forró do Muido

Preço/Local

  • R$ 25,00 (Pista Meia)

  • R$ 50,00 (Pista Inteira)

  • Praça de Eventos – Orla de Atalaia

Ponto de Vendas

  • Central do Pré-Caju

Aviões Elétrico – Aracaju (11/10/2008) – Cobertura

Este show marcou o lançamento do bloco Aviões Elétrico 2009. No ano passado os abadás esgotaram 1 mês antes da festa. Tudo indica que ano que vem o sucesso será ainda maior, pois a popularidade da banda em Sergipe só tem aumentado. A prova disto foi o grande público presente no show, além da grande procura pelos abadás para 2009 (diz a lenda que estes já estão perto de esgotar).

Minha visão geral do show é simples. Achei que foi muito bom. Foi muito bom por vários motivos, mas no geral, os principais foram:

  • Aviões tocou muito tempo e muito bem – Foram cera de 3 horas de show (talvez até mais) com repertório muito bom e muita animação
  • O som do trio ótimo –  O grave da pedaleira, a metaleira toda e a voz dos cantores estavam chegando com volume e qualidade muito boa nos ouvidos da galera.
  • O local da festa é bom e tava bem estruturado – Tinha muita gente, basta ver a foto aí de cima que mostra um dos lados do trio elétrico. Ou seja, aí é só um lado, no outro também tinha muita gente. Apesar da enorme quantidade de pessoas, em termos de estrutura e organização, tudo estava muito bem.
    • Não estava apertado, ou seja, dava para dançar forró a noite toda, sem problemas.
    • O acesso aos banheiros tava fácil e sem filas. Até o problemático banheiro feminino, por incrível que pareça, não tinha grandes filas
    • A quantidade de bares foi suficiente para a quantidade de pessoas.
    • Teve lama em função da chuva, mas nada que atrapalhasse muito. Apenas alguns poucos locais ficaram com muita lama, mas é algo muito natural, considerândo-se que a festa foi num Sítio.
  • Tinha muita gente bonita. Só ficou só quem quis, porque tinha opção para todos os gostos. E, provavelmente porque o show de Aviões tava ótimo, a galera se soltou mesmo. Para quem foi solteiro, tava um pega-pega bom da poxa. 😉
  • Tudo correu em paz. Não vi uma briga. Pode até ter ocorrido alguma, mas eu não vi nenhuma.

Não sou muito fã de festa em terêncio, devido a distância e a conseqüente volta problemática em função dos riscos de acidentes, etc. Mas tenho que admitir. Se este show fosse na praça de eventos da orla, não seria tão bom, pois faltaria espaço.

Deixo meus parabéns a organização.

LINKS PARA MAIS FOTOS:

aracajufest1aracajufest2

badalando1badalando2

infonet

ESCUTE O REPERTÓRIO NOVO – Presente de AAmigo para AAmigo ( aviãozeiro )

Este show foi em Serra Talhada (Pernambuco). O show tá filé todo, seja por causas das muitas músicas novas (todas boas), seja pelos remakes em ritmo de forró de grandes sucessos dos tempos de nossos pais.
Boa parte das músicas que vão estourar em 2009 estão aí. Três links pra você escolher a melhor opção de download. [mediafire] – [4shared] – [rapidshare] ( baixe jáh, jô jáh tô ouvindo 😉 )

NOTÍCIA QUENTINHA – AVIÕES GRAVA PARTICIPAÇÃO NO CD/DVD DE IVETE

A gravação foi segunda-feira(06/10/2008) no estúdio particular de Ivetinha, lá na casa dela. O nome do álbum será “Pode Entrar”, justamente porque está sendo gravado entre amigos e na casa de Ivete. O CD/DVD trará 14 músicas inéditas. Eu podia copiar e colar as fotos, texto, etc. que Solanja colocou no blog dela, mas num gosto disto. Então, se quiser ver mais detalhes, vá até o BLOG OFICIAL DE SOLANGE ALMEIDA.

Sim, mas Solanja agora é evangélica. E aí, como ficam os shows, a banda, etc?

Solanja responde: “Quero deixar claro que a minha decisão, em servir a DEUS, não impedirá que eu deixe de ser a cantora do AVIÕES DO FORRÓ. Sou a mesma Solange, só que agora orientada por Deus. Recebi varios recadinhos dos meus blogueiros queridos fazendo milhões de perguntas a respeito, e continuo afirmando que continuo na banda sim e agora melhor ainda pq servirei a Deus”.

Solange Almeida (Com todo respeito, muito gata. Uiii!)
Solange Almeida (que gata. Uiii!)

Trabalharam na cobertura desta festa:
Vinicius AC – Coordenação, texto e fotos
Danyel – Fotos