Aracaju é acolhedora, muito festeira e repleta de atrativos encantadores

11 de novembro de 2009 por AAmigos  

A capital do menor estado brasileiro pode até não impressionar quem a compara com outras cidades nordestinas badaladas, que têm belas praias com águas cristalinas, já que em Aracaju o mar é escuro em função das águas dos rios Sergipe e Vaza-Barris. Entretanto, a cidade conquista qualquer visitante com sua hospitalidade, animação, infra-estrutura, passeios e preços bem convidativos.

Aracaju é charmosa, suas ruas são limpas e arborizadas e, ao longo da orla da praia principal, a Praia de Atalaia, diversos bares, hotéis, quiosques, restaurantes, uma ciclovia, calçadão e quadras de esportes atraem moradores e visitantes de todas as idades. Esses são alguns dos motivos para este lugar ser o cartão postal da cidade.

E, para quem gosta de muita agitação, a melhor época pra visitá-la é, sem dúvida, em junho, quando a maior e mais conhecida festa local acontece (segunda quinzena do mês). O Forró Caju anima a cidade ao som dos mais diversos ritmos nordestinos e muita comida boa regional, como milho cozido, amendoim, pamonha, carne de sol e caranguejo. Na Praça dos Eventos é montada uma cidade cenográfica para a realização do festejo, que se enche de vida com as animadas e divertidas quadrilhas que passam por ali.
Foto: Divulgação

Mas como o que não falta é diversão na capital sergipana e o clima da região é sempre bom, Aracaju recebe turistas o ano todo. Não deixe de passear pela animada Passarela do Caranguejo, que é repleta de bares e restaurantes, onde é possível saborear as delícias do nordeste e fazer o passeio de barco ao cânion de Xingó. Indo de catamarã ou de escuna, o delicioso e encantador passeio leva pelas verdes águas do rio São Francisco até o Mangue Seco, a 100 km de Aracaju. Lá é possível mergulhar em um mar incrivelmente verde. Com certeza, este é um dos locais mais bonitos da região. Então, se a intenção é se divertir, passear, comer bem, fazer comprinhas e gastar pouco, ir a Aracaju é uma
ótima pedida.

UM POUCO DE HISTÓRIA

Fundada em 1855, Aracaju, que na época era uma pequena vila de pescadores, virou a capital do estado por ter uma posição estratégica mais favorável que a capital anterior, São Cristóvão. A antiga capital ficava no interior, limitando a navegação somente a portos fluviais. Aracaju despertou interesse por possuir 160 km de costa, e suportava um porto marítimo que pudesse receber embarcações de grande porte. Foi então construído o Porto de Atalaia, para facilitar o escoamento da produção, principalmente açucareira, daquela época.

Aracaju foi uma das primeiras capitais brasileiras planejadas. Todas as suas ruas foram projetadas geometricamente, como se fosse um tabuleiro de xadrez, para terminarem no rio Sergipe. Até então, as cidades que existiam antes do século XVII cresciam de acordo com as respectivas topografias naturais, criando um visual urbano irregular. Aracaju foi, no Brasil, um dos primeiros exemplos de tal tendência geométrica.

O QUE FAZER E VER

  • PASSEIO DE BARCO AO CÂNION DO XINGÓ
    De escuna ou catamarã, o destino do passeio são as águas profundamente verdes e claras da parte represada do Rio São Francisco. O que mais surpreende no passeio é a navegação, entre as piscinas verdes e os paredões dos cânions do Xingó, um dos maiores cânions navegáveis do mundo. Durante o passeio é possível parar para mergulhar. Reserve um dia inteiro para o passeio, pois são três horas de carro até o local da embarcação e mais três horas de passeio pela represa. A empresa TopTour (www.toptur.com) faz o passeio a R$ 90 por pessoa.
  • PASSEIO DE ESCUNA PARA MANGUE SECO
    Navegação pelo rio Piauí até o rio Real. Ali a ponta do saco revela a Ilha da Sogra, ainda selvagem. Em Mangue Seco, alugue um buggy e almoce por lá. O passeio custa R$ 50 e inclui traslado.
  • PASSEIO DE BARCO ATÉ A FOZ DO RIO SÃO FRANCISCO
    A saída é de Piaçabuçu, cidade às margens do São Francisco. No passeio, a paisagem é de dunas e lagoas. Leva um dia e o traslado inclui visita a cidade de Penedo. Top Tour (www.toptour.com). R$ 70 com almoço.
  • ORLA DE ATALAIA
    Bastante movimentada dia e noite. São 6km de extensão com quiosques, ciclovia para corrida e bicicleta, quadras de esportes, pista de skate, lagos artificiais, fontes luminosas e parquinhos para crianças. Ali também encontramos a Passarela do Caranguejo, cheia de bares, restaurantes e muito agito.
  • MERCADO MUNICIPAL ANTÔNIO FRANCO
    R. José do Prado Franco s/nº. Seg a sáb, 08h/18h; dom, 8h/11h30. Aqui podemos encontrar artesanato de todo o tipo. Os preços, bastante acessíveis, atraem turistas a comprar lembrancinhas da cidade para levar para casa.
  • CENTRO DE ARTE E CULTURA DE SERGIPE
    Av. Santos Dumont (orla de Atalaia). Seg a sáb , 10h/22h; e dom, 16h/22h. O centro expõe trabalhos dos principais artistas sergipanos, como Beto Pezão, que molda interessantes peças em barro. É possível comprar alguns desses trabalhos.
  • OCEANÁRIO DE ARACAJU
    Av. Santos Dumont (orla de Atalaia). Tel.: (79) 3243-3214. Ter a sex, 14h/20h. Sáb, dom e fer, 9h/21h. Se você gosta do fundo do mar, vai adorar este oceanário. Com tanques de tubarões, aquários de água doce e salgada e mais de 60 espécies de animais, este local é um passeio interessante e educativo a ser feito. Além disso, é possível observar o alto-mar ao vivo através de um monitor Instalado em uma plataforma de petróleo. Este espaço, mantido pelo Projeto Tamar, possui o formato de uma tartaruga marinha.
  • CENTRO HISTÓRICO
    Possui diversos casarões antigos. Alguns foram transformados em museus e espaços culturais. Ali encontramos diversos tipos de artesanato e de comida nordestina. Prove o sorvete de mangaba e o amendoim cozido. Deliciosos!
  • MEMORIAL DE SERGIPE
    Av. Beira Mar, 626, 13 de Julho. Tel.: (79) 3211-3579. Seg, 14h/18h; Ter a sáb, 9h/18h. O museu guarda um acervo formado por mais de 10 mil peças, que vão desde fósseis marinhos a aparelhos telefônicos do século XX. Acervos particulares de ilustres sergipanos estão expostos no museu. Artesanatos, elementos folclóricos, religiosos e relativos ao cangaço também ficam disponíveis para observação. Destaque para as pinturas em porcelana retratando as cidades de Sergipe no início do século XX.
  • PASSEIO À SEDE DO PROJETO TAMAR
    Praia de Pirambu. Tel.: (79) 3276-1201. 8h/17h. Na reserva biológica de Santa Isabel, em Pirambu , a 34 km de Aracaju, fica uma das bases do Projeto Tamar. A visita possibilita conhecer os tanques com tartarugas marinhas e um pequeno museu.

PRAIAS

  • PRAIA DE ATALAIA
    Avenida bastante movimentada durante o dia e à noite também. É bem urbanizada, com calçadão e quiosques. É uma praia muito procurada por famílias, por possuir um mar raso e uma faixa
    larga de areia, propícia para atividades lúdicas.
  • CAUEIRA
    Possui um trecho urbanizado com barracas que ficam bem movimentadas durante os fins de semana. O mar é escuro e bastante agitado, mas ver o amanhecer do dia ali pode ser um belo programa a dois para os mais românticos ou um belo visual para quem curte a natureza. Vale a pena conferir.
  • PRAIA DO SACO
    Fica a 76km da Praia de Atalaia. Possui um mar azul esverdeado, com coqueiros à sua volta e dunas. Ao longo existem barracas servindo petiscos gostosos.
  • PRAIA DOS NÁUFRAGOS
    Possui pequenas dunas formadas por areias finas e escuras.
  • ABAÍS
    Possui ondas fortes, mas a praia é linda. Paralela ao mar, a Lagoa Grande é um atrativo à parte no local, possuindo 9km de extensão.
  • ARUANA
    Mar de águas mornas e areia escura. É a primeira praia do litoral Sul, com quiosques, coqueiros e dunas.
  • MOSQUEIRO
    Praia com areias fininhas e claras. Fica localizada próximo ao rio Vaza-Barris.
  • PRAIA DO REFÚGIO
    Muito movimentada durante o verão e possuidora de mar com águas calmas e coqueirais. Sua barracas na orla são bem estruturadas.
  • PRAIA DO ROBALO
    Por ali ficam as casas de veraneio da região. A praia tem mar calmo.
  • PRAIA DOS ARTISTAS
    Tem 7 km de extensão. A praia é ideal para quem gosta de praticar o surfe. É também conhecida como Havaizinho. É bastante rústica.
  • ATALAIA NOVA
    É bem extensa, em torno de 30km de extensão. Sua paisagem é emoldurada por coqueiros e lagoas.
  • PIRAMBU
    Nos arredores, o Projeto Tamar instalou uma base para a desova das tartarugas marinhas. A praia também possui dunas e em alguns trechos é deserta.

COMO CHEGAR

  • Ônibus
    A Viação Itapemirim (www.itapemirim.com.br) faz o trecho até Aracaju em aproximadamente 30h. (a partir R$ 293,50).
  • Avião
    As companhias Gol (www.voegol.com.br), Tam (www.tam.com.br), Azul (www.voeazul.com.br), e Ocean Air (www.oceanair.com.br) fazem o trecho até Aracaju.

ONDE DORMIR

  • Ibis
    Avenida Adélia Franco 2719. Bairro Grageru. Tel.: (79) 2106-2000. Diária: a partir R$ 109. (casal). San Manuel Praia. Rua Niceu Dantas 75, Atalaia. Tel.: (79) 3218-5200. www.sanmanuelpraiahotel.com.br. Diária: R$ 189 (casal), com café da manhã.
  • Pousada do Sol
    Rua Eng. Francisco Manoel da Costa (antiga rua Atalaia) 43, Praia de Atalaia. Tel.: (79) 3226-5500. www.psol.com.br. Diária: a partir R$ 149 (casal), com café da manhã.

ONDE COMER

  • O Miguel
    Av. Antonio Alves 340. Tel.: (79) 3243-1444. Peça a carne-de-sol. Deliciosa! Média:R$ 50 (casal).
  • Parati.
    Praia do Refúgio, 18km. Tel.: (79) 3227-2100. Comidas variadas. Não perca a Moqueca. Parati. R$ 66 (serve duas pessoas). Média:R$ 70 (casal).
  • Pitu com Pirão da Eliane.
    Av. Santos Dumont 957, Praia de Atalaia. Tel.: (79) 3243-4747. A Moqueca de camarão de água doce é um dos pratos mais pedidos. Média: R$ 60 (casal).

OUTROS SERVIÇOS

  • Projeto Tamar
    Base de Pirambu (Base Mãe). Reserva Biológica de Santa Isabel s/nº, Pirambu.

Fonte:  Click Sergipe


Compartilhar Post

 

Publicações Relacionadas

E aí? Tem algo a dizer?

Comentários

Uma Resposta para “Aracaju é acolhedora, muito festeira e repleta de atrativos encantadores”
  1. Vote -1 Vote +1simone frança
    disse:

    amei o parque aquatico, e gostaria de fazer um passeio com 46 pessoas, favor me informar as normas e preço de entrada.