ZH: Lula é eleitoreiro. Yeda é salvação

10 de abril de 2009 por AAmigos  

ZH: Lula é eleitoreiro. Yeda é salvação

8 Abril 2009

Em meados de fevereiro, Lula recebeu 3,5 mil prefeitos em Brasília para negociar e anunciar medidas de auxílio às prefeituras. Em meados de abril, agora, Yeda Crusius – governadora do Rio Grande do Sul – reuniu cerca de 350 prefeitos do Estado para anunciar medidas de auxílio às prefeituras. Aparentemente fatos similares, para a Zero Hora eles são como água e vinho, como verdade e mentira, como Jornalismo B e ZH.

digitalizar0004No primeiro caso, o título da matéria principal da cobertura de ZH no dia do encontro foi “De olho em 2010, governo abre os cofres”. Agora, no dia em que Yeda recebeu os prefeitos, “Yeda corteja prefeitos em Porto Alegre”, com a seguinte linha de apoio: “Piratini faz encontro em momento de queda das verbas federais” (grifo meu). Notas algo estranho? A abordagem é semelhante? Por que o evento de Lula é eleitoreiro e o de Yeda não? Esse tipo de questão permeia as matérias inteiras. (…)

( Leia aqui a íntegra desta matéria )

(…) Na mesma matéria, ZH tenta aplicar o mesmo processo ao presidente. Depois de reproduzir declaração dele criticando alguns jornais, lembra, de passagem, que Lula disse em uma entrevista que não lia jornais. Como se esse fosse o cerne da questão. A verdadeira discussão que deveria ser criada em torno da declaração de Lula resume o que esse post tentou mostrar, e é óbvia, só não entende quem não quer – caso de ZH, que faz questão de se fazer de idiota enquanto faz isso com os leitores. O que Lula disse, sobre a cobertura que os principais jornais do país fizeram de seu encontro com os prefeitos, foi o seguinte:

- Fiquei triste como leitor, porque abusaram de minha inteligência e pensam que o povo é marionete e pensa como boi, como manada. Mas acabou o tempo em que alguém achava que poderia influenciar uma eleição por ser formador de opinião.

Postado por Alexandre Haubrich

———————————————————————————————————

AAmigos comentam:

Tenho muitas críticas ao governo Lula e ao próprio Lula, mas são sou simpático aqueles que tentam ridicularizá-lo, aqueles que tentam estigmatizar o nosso presidente como um sapo barbudo feio(sei que ele é feio, mas e daí?) e ignorante na tentativa de desgastá-lo politicamente. Ele não teria conseguido um décimo do que conseguiu, se não tivesse competência, instrução(mesmo sem diploma), inteligência e também uma determinação invejável.

Quanto ao uso de dois pesos e duas medidas por meios influentes da imprensa nacional com o objetivo de manipular os leitores. Isto sim é que é ridículo, burro e muuuuuito feio. Diria até que é algo desprezível, ainda mais numa sociedade que se diz uma democracia.

Você não está no Rio Grande do Sul? O que importa? Isto acontece em todo o Brasil. Dois pesos duas medidas. Imparcialidade zero, não só do Zero Hora. Por isto, pense bem e escolha com cuidado o que lê.

Vinicius AC


Compartilhar Post

 

Publicações Relacionadas

E aí? Tem algo a dizer?